Parques e monumentos de Sintra celebram o mês do Natal com agenda recheada de atividades

Parques e monumentos de Sintra celebram o mês do Natal com agenda recheada de atividades

Categoria Agenda, Inside

Dezembro traz as cores, os aromas e os sons que caracterizam o Natal. Tradicionalmente, é altura de fazer uma pausa na rotina e de realizar atividades em família. Para que todos possam aproveitar o tempo livre da melhor forma, os parques e monumentos de Sintra apresentam um programa de eventos pensado sobretudo para as crianças, mas sem perder de vista a diversão dos mais crescidos.

Para os mais pequenos, o encanto do Natal chega logo no dia 16 de dezembro, domingo, às 10h30 e às 11h30, com o concerto para bebés “Manhã de Natal”, no Palácio de Monserrate. É um espetáculo musical interativo que estimula o sentido melódico e rítmico dos participantes e que promove a interação lúdico-musical entre pais e filhos. Nesta viagem pela música clássica, invoca-se a noite mais mágica do ano ao som de melodias como “Manhã Feliz” (“Silent Night”, de Joseph Mohr/Franz Xaver Gruber), exploram-se sons, timbres e ritmos.

No mesmo dia 16 de dezembro, mas às 14h30, a preparação da festa continua, na Quintinha de Monserrate, com a oficina “É Natal na Quintinha”. Com todo o afinco, mas também com brincadeira à mistura, é tempo de descobrir ingredientes especiais para os biscoitos, de tratar das decorações natalícias e de fazer saquinhos de cheiro para oferecer a familiares e amigos.

Ainda a 16 de dezembro, na Sala da Música do Palácio de Monserrate, às 15h00, encerra o ciclo de concertos “Domingos ao Piano”. Com a companhia de Clara Marchana, o pianista Raúl Pinto centra-se no inverno e no Natal e interpreta a “Árvore de Natal”, de Liszt, e “Cenas Infantis” (com poesia de Afonso Lopes Vieira) e “Melodramas” (com poesia de Hebbel e Shelley), de Schumann, num programa que estabelece a ponte entre a poesia e a música.

No fim de semana anterior, tem lugar a Gala da Escola Portuguesa de Arte Equestre, no dia 14, sexta-feira, a partir as 21h30, no Picadeiro Henrique Calado (na Calçada da Ajuda). É um espetáculo inesquecível que reconstitui um dos passatempos favoritos da corte da época: a equitação. Nesta autêntica viagem no tempo, os cavaleiros envergam trajes de gala e os cavalos, entrançados e enfitados, desenvolvem exercícios característicos do período barroco, como os “ares altos” e os “jogos da corte”, torneios praticados entre os séculos XVIII e XIX, em ocasiões festivas.

Para quem quer saber mais, as “Manhãs de Arte Equestre” desvendam os bastidores da escola. Regularmente (calendário em www.arteequestre.pt/bilheteira), de terça-feira a sábado, é possível visitar, a partir das 10h00, as cavalariças no Páteo da Nora, observar os cuidados que os tratadores têm com estes cavalos lusitanos, e assistir no picadeiro exterior aos exercícios de aquecimento e desenvoltura. A partir das 11h30, no Picadeiro Henrique Calado, decorre a preparação dos exercícios e coreografias de Arte Equestre Portuguesa.

Também no capítulo de atividades relacionadas com animais, prossegue o programa “Aqui Há Burro!”, na Tapada de D. Fernando II, junto ao Convento dos Capuchos. Todos os sábados, às 10h00, 12h00 e 15h00, crianças e adultos são convidados a interagir com os afáveis e calmos burros. A atividade revela aspetos menos conhecidos destes simpáticos animais e termina com um agradável passeio pela floresta de Sintra.