Petit Palais – Uma refeição digna de um rei

Petit Palais – Uma refeição digna de um rei

Acolheu, enquanto propriedade de António Medeiros e Almeida, festas e banquetes que mereceram a presença de várias personalidades, entre os quais, o príncipe Rainier e Grace do Mónaco. Transformado agora num restaurante-bar exclusivo, o Petit Palais by Olivier faz jus ao requinte e elegância de outros tempos, permitindo ao cliente desfrutar de uma refeição ao jeito da corte de Maria Antonieta.

Inspirada nos grandes palácios franceses, a decoração privilegia os vermelhos, dourados e veludos, e surpreende nos pormenores. Na casa de banho das senhoras, o lava-mãos é uma mesa de bilhar e, numa das salas de menor dimensão, direccionadas a pequenos eventos privados, o altar, que em tempos compunha a capela de António Medeiros e Almeida, foi substituído por um plasma. Os candeeiros vistosos lembram-nos que estamos num palacete do século XIX que, com um mordomo à porta, nos faz sentir verdadeiros convidados reais – tal como idealizaram os responsáveis pela decoração do espaço.

A zona de refeições encontra-se no “Jardim do Amor”, um espaço fielmente decorado à moda dos franceses, do qual se destaca a alusão aos cadeados de amor, a fonte de champanhe e a crítica bem-disposta que é feita à Revolução Francesa, na tela do tecto. Já à mesa, a dificuldade passa por escolher qual dos pratos tipicamente franceses mais nos agradam: o FoieGras emTerrina Caseira, Crepes recheados com Lavagante ou Bife Wellington?

 

Comemos e recomendamos:

– Entrada:Tarte de cebola confitada e Gaspacho de morangos e tomate;

– Prato 1: Dourada com tapenade e arroz de açafrão e chouriço;

– Prato 2: Magret de pato com molho de amaretto e rabano caramelizado;

– Sobremesa: Semifrio de frutos vermelhos.