Plano de Ação pretende valorizar e divulgar Fortalezas na linha de fronteira

by Cristiana Macedo | 14 Fevereiro 2020 10:22

O Plano de Ação do Programa Dinamizar Fortalezas que tem como objetivo “promover a valorização e a divulgação do vasto conjunto de fortificações existentes em Portugal, em particular na linha de fronteira com Espanha”, foi apresentado esta quinta-feira, em Freixo de Espada à Cinta. De acordo com a nota enviada pelo gabinete do Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital a cerimónia decorreu sob a presidência da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, que, na ocasião, destacou a “importância do trabalho conjunto em projetos como este, que contribuem para o reforço da atratividade das regiões do interior”.

A governante disse ainda que “trabalhamos, numa lógica de união e de envolvimento de todos, para garantir ofertas estruturadas e integradas em todo o país. Estamos a reforçar os esforços para que cada parte de Portugal seja um destino turístico qualificado e inovador”.

O Plano de Ação apresentado inclui iniciativas, que visam melhorar as acessibilidades, aumentar a sinalética, desenvolver conteúdos digitais e interativos e promover atividades de animação cultural. Pretende-se, assim, “captar mais visitantes e aumentar o tempo médio de estada do turista nos territórios do interior, valorizando e dinamizando o património que nos diferencia através da qualificação da visita a cada um destes imóveis”, refere a mesma nota.

O projeto abrange 62 fortificações e é coordenado pelo Turismo de Portugal, em parceria com os municípios onde se localizam as fortalezas, as ERT – Entidades Regionais de Turismo, as ARPT – Agências Regionais de Promoção Turística, a Direção Geral do Património Cultural, a Direção Geral dos Recursos da Defesa Nacional e a Direção Geral do Tesouro e das Finanças.

A cerimónia serviu ainda para detalhar o projeto piloto Roteiro Nordeste Transmontano, que engloba nove fortalezas, situadas em Vinhais, Bragança, Outeiro, Vimioso, Miranda do Douro, Algoso, Penas Roías, Mogadouro e Freixo de Espada a Cinta. Em Trás-os-Montes, a secretária de Estado do Turismo, inaugurou a “Porta de entrada do Parque Natural Regional do Vale do Tua”, promovida pela Câmara Municipal de Murça, e que é um espaço fundamental na receção, estruturação e organização das visitas ao Parque e aos concelhos que o integram.

Source URL: https://www.ambitur.pt/plano-de-acao-pretende-valorizar-e-divulgar-fortalezas-na-linha-de-fronteira/