Portugal em destaque na 5ª Expo Internacional de Turismo de Macau

Categoria Advisor, Associativismo

Portugal marcou presença na 5ª Expo Internacional de Turismo de Macau – MITE – com uma delegação composta pela diretora do Turismo de Portugal na China, Inês Almeida Garrett, pelo presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, representantes das Regiões de Turismo do Alentejo, Açores e Madeira, alguns operadores turísticos e o coordenador do Turismo de Macau em Portugal.

Durante a edição de 2017 da Expo Internacional de Turismo de Macau realizou-se o Seminário e Bolsa de Contactos de Turismo China – Portugal, tendo sido um dos destaques da Expo de Turismo, um seminário que pretendeu fortalecer e realçar o intercâmbio e cooperação dos operadores turísticos da China e Portugal e dos países de língua portuguesa, realçando o papel de Macau como plataforma sino-lusófona.

O Seminário e Bolsa de Contactos de Turismo China – Portugal, durante o qual foram feitas apresentações de promoção turística por parte da Direcção dos Serviços de Turismo (DST), do Conselho para o Desenvolvimento Turístico de Fujian e do Turismo de Portugal, foi organizado pela DST e teve a participação de cerca de 120 operadores turísticos oriundos de Portugal, Japão, Coreia do Sul, Tailândia, Malásia, Indonésia, Índia, bem como do Interior da China, Hong Kong e da região de Taiwan.
Um seminário aproveitado pela diretora da DST, Maria Helena de Senna Fernandes, para referir e reforçar a posição de Macau como “uma importante plataforma de intercâmbio e cooperação entre a China e os países de língua portuguesa”, acrescentando ainda que “os voos directos entre a China e Portugal serão lançados em breve, esperando continuar a ver no futuro mais novas rotas aéreas a aparecer, a serem criados diferentes produtos turísticos de viagens multidestinos, partilhando as fontes de visitantes.”

A 5ª Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau, que se realizou de 7 a 9 de julho, teve o apoio da CNTA, a organização da DST e a coordenação da Associação das Agências de Viagens impulsionar de Macau, tendo marcado presença um total de 303 empresas e entidades de turismo oriundas de 45 países e regiões, dos quais 19 são países abrangidos pela iniciativa de “Uma Faixa, Uma Rota”, e 20 são autoridades do turismo de províncias e cidades do interior da China.