Portugal mantém investimento de 4,6 milhões no mercado alemão

Portugal mantém investimento de 4,6 milhões no mercado alemão

O investimento de Portugal no mercado alemão totaliza, à semelhança do ano passado, cerca de 4,6 milhões de euros. Em entrevista ao Ambitur.pt, à margem da ITB, que arrancou hoje em Berlim, a secretário de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, frisou a importância deste mercado para Portugal, onde é hoje o segundo mercado mais importante em termos de dormidas e o quarto em termos de receitas e hóspedes, reafirmando que existe ainda um “espaço grande de crescimento”, uma vez que temos apenas 1,9% de quota de mercado.
“Cada vez mais temos de trabalhar com os operadores, estabelecer as ligações para garantir que Portugal é competitivo em termos de destino e cada vez mais mostrar tudo o que Portugal tem e que os alemães não conhecem”, afirmou a governante, dando conta que “100% dos turistas alemães, num inquérito que temos, responderam que Portugal atingiu ou superou as expetativas do que estavam à espera”.
As acessibilidades entre os dois países não são, para a governante, neste momento, uma preocupação. “ Temos cerca de 206 voos semanais no inverno e 270 no verão. Temos que garantir que continua a haver acessibilidades, estamos sempre atentos a isso, mas temos também que garantir que esses voos vão com turistas”.
A responsável destacou ainda que esta é a “maior presença de empresas na feira no Stand de Portugal”, onde estão 66 empresas, ou seja, mais 11 que em 2015. “E há vontade de mais empresas participarem, portanto, no próximo ano temos ainda que crescer mais para albergar os que se querem posicionar aqui no mercado alemão”.

Raquel Pedrosa Loureiro, em Berlim, com o apoio da Lufthansa