Portugal vai ter stand na principal feira de turismo de Israel pela primeira vez

Portugal vai ter stand na principal feira de turismo de Israel pela primeira vez

Categoria Advisor, Associativismo

Portugal participa, pela primeira vez, na International Mediterranean Tourism Market (IMTM), a principal feira de turismo em Israel, que se realiza a 12 e 13 de fevereiro, em Telavive, Israel, com o objetivo de promover o destino Portugal e a herança judaica no nosso país. Vão participar na feira 10 empresas portuguesas e as várias regiões.

O Turismo de Portugal vai assinar um acordo com o Innovate Israel, na área da inovação e tecnologia no turismo, para intercâmbio de startups. A presença nesta feira internacional insere-se no âmbito da Estratégia Turismo 2027, com uma forte aposta na diversificação de mercados para Portugal, na diversificação de produtos e no alargamento do turismo a todo o território. Portugal tem cerca de 30 locais em todo o país onde se testemunha a herança judaica.

Para a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, “a presença, pela primeira vez, de Portugal na feira internacional de turismo de Israel materializa a aposta que estamos a fazer no mercado judaico. Portugal tem uma história riquíssima ligada ao judaísmo – foi da Península Ibérica que saíram os judeus sefarditas, e existem 29 locais em todo o país com herança judaica, a maior parte deles no interior. Portugal é um país tolerante e aberto a todas as religiões. Desde 2018 passámos a ter ligações aéreas diretas, com a El Al e, no verão, a TAP irá abrir uma nova rota para Israel, o que cria uma grande oportunidade de crescimento”.

Secretária de Estado do Turismo participa na International Mediterranean Tourism Market em Telavive

Para o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, “a aposta em Israel permite diversificar os mercados emissores e alargar a procura turística para zonas do país tradicionalmente menos visitadas. A participação nesta feira, na qual estamos presentes pela primeira vez, irá certamente contribuir para projetar o destino neste importante mercado e promover a cooperação entre os dois países, principalmente no que concerne a Formação e a Inovação Tecnológica do setor”.