Portuguesas HiJiffy e Live Electric Tours vencem 2.ª edição da UNWTO Tourism Startup

Portuguesas HiJiffy e Live Electric Tours vencem 2.ª edição da UNWTO Tourism Startup

Categoria Business, Empresas

As startups portuguesas HiJiffy e Live Electric Tours foram as vencedoras da segunda edição da maior competição mundial para startups de turismo – UNWTO Tourism Startup – nas categorias Innovative Tourism Solutions e Sustainability, respetivamente.

O evento, organizado pela Organização Mundial do Turismo, em parceria com a Globalia e com o apoio do Turismo de Portugal, decorreu ontem em Madrid, com um enfoque especial na inovação e sustentabilidade da atividade turística, tendo recebido 5.000 candidaturas de 150 países, divididas em seis categorias.

HiJiffy é uma solução inovadora que centraliza, automatiza e mede todas as atividades de atendimento ao cliente na hotelaria, integrando tecnologia de ponta numa plataforma simples, confiável e robusta. Esta ferramenta tem vindo a permitir que os hotéis melhorem a experiência do hóspede, aumentando o seu grau de satisfação geral.

Live Electric Tours é uma nova experiência de auto-condução ecológica para turistas, disponível apenas em Portugal. Os Live Electric Tours realizam passeios programados com veículos 100% elétricos, equipados com Wi-Fi gratuito, guia de áudio GPS e, uma novidade mundial, uma câmara ao vivo que permite ao usuário compartilhar toda a experiência com amigos e familiares através das redes sociais.

O presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, destaca que “o facto de termos duas startups portuguesas entre as vencedoras, e três entre as finalistas, de um total de 5.000 candidaturas, é revelador da capacidade empreendedora de Portugal. A inovação tem sido decisiva no desempenho do turismo em Portugal e será decisiva para a competitividade futura do país”.

Um dos objetivos da Estratégia Turismo 2027 passa por consolidar Portugal enquanto hub internacional especializado para o setor do turismo, país de referência na produção de bens e serviços para a atividade turística à escala mundial. Nos últimos três anos foram apoiadas mais de 600 startups, em 25 programas de aceleração por todo o país, representando um investimento superior a três milhões de euros. No âmbito da iniciativa Turismo 4.0, foi também criado o NEST – Centro de Inovação do Turismo, com a missão de apoiar o desenvolvimento de novas ideias de negócio, a experimentação de projetos e a capacitação das empresas na transição para a economia digital.

Foto UNWTO