Programa de verão da KLM inicia com 25 destinos intercontinentais e 32 europeus

Programa de verão da KLM inicia com 25 destinos intercontinentais e 32 europeus

Categoria Business, Transportes

Devido à pandemia provocada pela Covid-19, a KLM vai iniciar o programa de verão com uma rede significativamente reduzida. Entre 29 de março e 3 de maio, a companhia planeia voar para “25 destinos intercontinentais e 32 europeus”.

Durante este período, a KLM atenta que a operação será realizada consoante um programa ajustado, o que “equivale a cerca de 10% do número habitual de voos”, pode ler-se no comunicado enviado às redações.

Intercontinental:

A rede intercontinental vai ser operada em aviões Boeing 777 e 787. O Boeing 747 vai ser retirado da frota mais cedo. As restantes aeronaves serão estacionadas em Amesterdão – Schiphol. O respetivo plano está a ser elaborado em conjunto com o aeroporto.

Face às restrições de viagem introduzidas em muitos países, a KLM apela para que os passageiros tenham em atenção que, por por vezes, isso pode acontecer num prazo curto. De forma a obter uma visão mais geral das regras, os passageiros devem consultar o IATA Travel Center.

Europa

A rede europeia foi pensada de forma a que o maior número possível de voos europeus seja ligado à rede intercontinental.

Os destinos, sujeitos a alteração, voam diariamente de Schiphol de 28 de março a 3 de maio:

Genebra, Viena, Zurique, Bruxelas, Paris, Lyon, Dusseldorf, Frankfurt, Hamburgo, Munique, Estugarda, Berlim, Roma (a partir de 4 de abril), Estocolmo, Billund, Copenhaga, Gotemburgo, Oslo, Barcelona, Lisboa, Madrid, Aberdeen, Birmingham, Bristol, Dublin, Edimburgo, Glasgow, Leeds Bradford, Londres City, Londres Heathrow, Manchester, Newcastle. Em Lisboa, mantém-se 1 voo diário de e para Amesterdão.

A KLM atenta que as operações de Roma, Barcelona, Madrid estão, atualmente, sujeitas a restrições muito rígidas de viagem, pelo que será tido em consideração posteriormente se e quando esses voos puderem ser operados.