Qatar autoriza entrada sem visto a cidadãos de 80 países, incluindo Portugal

Qatar autoriza entrada sem visto a cidadãos de 80 países, incluindo Portugal

O Ministério do Interior do Qatar, a Autoridade de Turismo do Qatar (QTA) e a Qatar Airways anunciaram que o Qatar vai permitir a entrada sem necessidade de apresentação de visto, a cidadãos de 80 países, com efeito imediato. Os cidadãos destes países, que desejem visitar o Qatar, já não têm que pedir ou pagar por um visto. Os passageiros apenas terão que preencher um formulário no momento da chegada, mediante a apresentação de um passaporte com validade mínima de seis meses, bem como um bilhete de ida ou volta confirmado.

Dependendo da nacionalidade, a isenção de visto será válida durante 180 dias, a partir da data de emissão, permitindo ao visitante estar um total de 90 dias no Qatar (dispensa de entrada múltipla); ou, em alternativa, terá uma validade de 30 dias a partir do momento da sua emissão, permitindo ao visitante estar até 30 dias no Qatar, com a possibilidade de solicitar uma prorrogação por mais 30 dias (dispensa de entrada múltipla).

Estes avanços fazem parte de uma série de medidas que o Estado do Qatar tem vindo a tomar de forma a facilitar o acesso de turistas ao destino. No mês passado, o Qatar lançou uma plataforma online, www.qatarservice.com, através da qual os viajantes de todas as nacionalidades podem solicitar vistos de forma mais eficaz e célere.

O país também está a considerar novos melhoramentos na sua política de vistos, como a dispensa da obrigação de visto para os titulares de uma autorização de residência ou um visto válido das nações do Conselho de Cooperação do Golfo (Bahrein, Kuwait, Omã, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos), Reino Unido, Estados Unidos da América, Canadá, Austrália, Nova Zelândia ou países do Espaço Schengen. Esta isenção permitirá aos visitantes obterem uma Autorização Eletrónica de Viagem, através do preenchimento de um formulário com pelo menos 48 horas de antecedência.

O CEO da Qatar Airways, Akbar Al Baker, refere que “o anúncio coloca o Estado do Qatar como o país com as fronteiras mais abertas da região, decisão da qual estamos muito orgulhosos”. Adianta ainda que a “Qatar Airways é a companhia aérea nacional do Estado do Qatar e, como tal, temos a honra de trazer milhões de pessoas por ano ao nosso acolhedor e histórico país. Esta importante iniciativa do Ministério do Interior e da Autoridade de Turismo do Qatar, permite-nos receber mais turistas, de vários países, para experimentarem as muitas atrações que temos para oferecer”.

Segundo declarações de Hassan Al Ibrahim, diretor do Desenvolvimento do Turismo da QTA (Autoridade de Turismo do Qatar), o acesso aos vistos é uma componente importante da estratégia do sector turístico nacional, que está atualmente a ser revista em parceria com múltiplos parceiros do setor público e privado. Tendo por objetivo diversificar a economia nacional, o país vai lançar uma nova estratégia a 27 de setembro de 2017, dia em que o Qatar celebra oficialmente o Dia Mundial do Turismo, que servirá para apoiar os diferentes intervenientes no circuito turístico e impulsionar o crescimento deste setor.

“Facilitar a entrada no Qatar, é um fator determinante para o crescimento da indústria turística do país. Com este anúncio, já estamos a virar páginas no novo capítulo que pretendemos concluir até 2030”, afirma Al Ibrahim. “Juntamente com os nossos parceiros do setor público e privado, examinámos todos os elementos necessários para criar uma experiência agradável e atrativa que possa chamar turistas de todo o mundo. Não temos qualquer dúvida de que facilitar e agilizar o processo de entrada é um fator determinante para criar uma primeira impressão positiva e duradoura do nosso país”.

Al Ibrahim acrescenta ainda que, “com 80 países autorizados a entrar sem necessidade de vistos, o Qatar é agora o destino com melhores facilidades de acesso na região. Estamos muito satisfeitos por poder convidar os visitantes de todo o mundo a descobrirem a nossa hospitalidade, o património cultural e os tesouros naturais”.

Brigadier Mohammed Al Ateeq, diretor-geral do Departamento de Passaportes e Assuntos de Expatriados de Mol, também comentou: “Temos o prazer de anunciar que os visitantes de 80 países podem entrar no Qatar sem qualquer necessidade de apresentação de vistos. Juntamente com os nossos parceiros da QTA e da Qatar Airways, temos trabalhado para melhorar as políticas de vistos do nosso país e implementar soluções para facilitar as viagens ao Qatar. Brevemente anunciaremos novos melhoramentos em termos de politica de vistos.”

Em novembro de 2016, o Qatar introduziu um visto de trânsito gratuito, que permite aos passageiros de todas as nacionalidades, fazerem uma escala de pelo menos cinco horas e permanecerem no país até 96 horas (quatro dias). Em maio de 2017, a QTA lançou a “+ Qatar”, uma iniciativa para promover o país como paragem intercalar a acrescentar ao itinerário dos viajantes até aos seus destinos finais, juntamente com a companhia aérea nacional, Qatar Airways. Estas medidas resultaram num aumento de 39% do número de visitantes durante o primeiro semestre de 2017, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Como parte dos esforços conjuntos da Qatar Airways e da QTA para impulsionar o turismo do país, a companhia aérea acelerou os seus planos de expansão global e, recentemente, anunciou o lançamento de uma série de novos destinos na sua rede global até ao final de agosto, incluindo, Kiev, Ucrânia e Praga, República Checa. Lançou também recentemente um serviço direto para Sohar, em Omã; Dublin, na Irlanda; Nice, em França e Skopje na Macedónia, conectando assim, mais pessoas e lugares, de forma a facilitar e incentivar os passageiros a incluírem o Qatar como parte das suas viagens.