Quatro estrelas “invadem” território português

Categoria Alojamento, Business

São modernos, a maioria com uma localização privilegiada e cultivam uma grande preocupação com o cliente. Apostam num serviço de qualidade, não descuram os pormenores e, por vezes, direccionam a sua operação para um nicho específico. Partilham a categoria das quatro estrelas e estão de olho no perfil do novo consumidor. De Amarante a Leiria, passando por Lisboa e voando até aos Açores damos-lhe um “cheirinho” do que estão a ser as apostas das unidades que têm surgido, nos últimos meses, em Portugal.
As semelhanças não se ficam por aqui. As novas unidades que têm surgido um pouco por todo o país valorizam, cada vez mais, as práticas ambientais, que já são motivo de atracção de clientes, e optam, na maioria, por ter serviço de restaurante aberto à comunidade local. A todos estes “pequenos” pormenores juntam-se as preocupações com o conforto ou com os hábitos dos novos consumidores, estando os quartos totalmente equipados com a mais moderna tecnologia existente e wifi gratuito. No MH Peniche, por exemplo, o hóspede pode aceder à solução de TV interactiva e ter acesso a canais de TV, aluguer de filmes, Internet, jogos, informações, promoções e compras na TV; já no Santa Bárbara Eco Beach Resort, nos Açores, optou-se por não ter telefones nas villas, tendo estes sido substituídos por pequenos tablets que não só permitem contactar a recepção, como também estão ao dispor do cliente para navegar na internet e marcar todos os serviços a qualquer momento.

Leia mais na edição 281 da Ambitur.