Quinta do Martelo: Em linha com o Turismo Sustentável 

Quinta do Martelo: Em linha com o Turismo Sustentável 

Categoria Alojamento, Business

Próxima da cidade de Angra do Heroísmo, nos Açores, está a Quinta do Martelo, que pretende recriar o ambiente rural e genuíno da ilha Terceira. A Ambitur.pt esteve à conversa com Gilberto Vieira, proprietário da Quinta do Martelo, sobre Turismo Sustentável, algo com que a unidade sempre se preocupou. Prova disso é a distinção pelo 13.º ano consecutivo com o Prémio “Green Key”.

Gilberto VieiraComo forma de reduzir os consumos de água e energia, a quinta tem em marcha vários planos como as “calhas instaladas em beirados dos telhados” para aumentar a captação e redistribuição de água da chuva armazenada em diversos reservatórios, as “cisternas e talhões decalcados de antigos saberes”, além do seu aproveitamento e reutilização “tanto nos alojamentos como na produção agrícola”. O proprietário evidencia ainda o “aquecimento de águas através de caldeira a lenha, resultante de podas e outros desperdícios”. A Quinta do Martelo aplica também práticas ancestrais de agricultura que são hoje “oficialmente classificadas e valorizadas como agricultura biológica. Gilberto Vieira destaca igualmente a sensibilização junto dos hóspedes para a poupança de “água e energia”, numa “visão de partilha sustentável dos recursos e dos princípios”. Além disso, a unidade aposta na promoção da “utilização de produtos cultivados localmente por métodos biológicos” no seu restaurante. Pela quinta, estão também espalhados vários ecopontos “disfarçados” para promover a prática de retenção/reciclagem da maior parte dos resíduos produzidos. A acrescentar a isto, estão as várias atividades que “valorizam a herança cultural, etnográfica e gastronómica das gerações que moldaram o que são os Açores de hoje”, refere.

Cristiana Macedo