Restauração e alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho no 1º trimestre

Restauração e alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho no 1º trimestre

De acordo com os dados divulgados pelo INE, os setores da Restauração e Bebidas e do Alojamento registaram 315,5 mil postos de trabalho no final do 1º trimestre de 2018.

O início de 2018 supera, pela primeira vez desde há 10 anos, o volume de empregabilidade registada no Canal HORECA no primeiro trimestre, com um total com 315.500 postos de trabalho, e com uma variação homóloga de mais 21.400 novos postos de trabalho. A Restauração criou, por si só, 17.400 novos postos de trabalho e o Alojamento mais 4 mil.

José Manuel Esteves, diretor geral, da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), comenta: “Os dados agora divulgados representam um crescimento pelo 9º trimestre consecutivo da empregabilidade na Restauração e no Alojamento, o que reflete a confiança dos nossos agentes económicos. Mesmo em época baixa, as empresas estão a contratar, o que significa que estamos no bom caminho no que respeita ao combate da sazonalidade”.

A tendência de crescimento confirma a capacidade das empresas em manter e criar novos postos de trabalho, resultado, entre outros, da estabilidade fiscal no setor desde o 2º semestre de 2016.

Foto Restaurante Bevedere