Rita Marques ambiciona que Portugal seja o destino com “o turismo mais sustentável do mundo”

Rita Marques ambiciona que Portugal seja o destino com “o turismo mais sustentável do mundo”

A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, marcou presença na apresentação do Plano Regional de Desenvolvimento Turístico 2020-2030 e Plano de Marketing do Turismo Centro de Portugal (TCP), aproveitando a ocasião para assinalar que “vamos entrar numa nova era do turismo” e notar que é sua ambição que o país se torne o destino “com o turismo mais sustentável do mundo”.

Segundo a responsável pela pasta do Turismo, “estamos todos muito habituados às métricas de dois dígitos no turismo, os anos recentes assim nos habituaram”, no entanto, “sabemos que as questões da sustentabilidade, acessibilidade e inclusão são temas que nos são caros” e que marcam a entrada numa “nova era” no contexto mundial.

Mas para enfrentar uma nova era, com novos desafios, é fundamental “trabalharmos de forma integrada”. É esta a sua preocupação: “Todos com um mapa de navegação, que pode ser diferente, cada um terá o seu, mas que no final nos vão levar a um único sítio. Todos partindo de pontos diferentes, todos navegando em mares diferentes, com mais ou menos ondas, mas a verdade é que nós temos de chegar a um ponto comum.”

O “compromisso” feito por Rita Marques, no seu papel de secretária de Estado, é que “Portugal continue a ser distinguido como o país onde há uma preocupação evidente em desenvolver um turismo sustentável”.

Além disso, há que “garantir estadias mais longas em Portugal” e que “o turista não fique apenas circunscrito a um perímetro reduzido nas grandes cidades e possa ter esta experiência inclusiva, integrada, nas várias regiões”.

Rita Inácio