Sugestão Ambitur: Quinta da Côrte

Sugestão Ambitur: Quinta da Côrte

A Quinta da Côrte foi comprada em 2013 por Philippe Austruy, proprietário de várias quintas em França, que apaixonado pela região decidiu renovar as vinhas que outrora davam pelo nome de Delaforce. O objetivo foi, desde sempre, produzir vinhos tintos e do Porto de grande qualidade. O facto de a terra estar situada numa das zonas mais famosas das grandes casas do Porto aliou-se à determinação da Vignobles Austruy em criar bons vinhos, sendo que o tesouro das velhas videiras da quinta contribui para a personalidade das várias reservas: Tawnies, LBV e Vintages. Estes vinhos ricos extremamente complexos são a pura expressão da vinha do Douro, a mais antiga DOC do mundo, revela-nos Marta Casanova, diretora e enóloga da Quinta da Côrte.

O arquiteto de interiores Pierre Yovanovitch emprestou o seu talento ao espírito local para a construção da nova adega e da casa, incluindo a sua visão contemporânea e poética. Nesta casa do século XVII, com quatro quartos, predomina a pedra de xisto, as paredes caiadas, as madeiras maciças, os tapetes, azulejos e várias antiguidades, um estilo que se repete nos outros quatro quartos dos edifícios circundantes. Na Quinta os hóspedes podem ainda aceder a uma piscina por entre as vinhas ou relaxar na varanda suspensa sobre as vinhas a perder de vista, recarregando energias neste espaço perdido no tempo.

Reservas: http://quintadacorte.com

Este artigo foi publicado na edição 321 da Ambitur