TAP oferece viagem e estadia a crianças que voam em família para Maceió

TAP oferece viagem e estadia a crianças que voam em família para Maceió

Categoria Explore, Promoções

A partir de hoje e até sexta-feira, 15 e 16 de outubro, a TAP está a oferecer a viagem a crianças até aos 11 anos (inclusive) e a estada para os mais pequenos que viajem em família para o novo destino da Companhia no Brasil: Maceió. Durante os próximos dois dias, a TAP convida assim as famílias a conhecerem as praias do Nordeste Brasileiro, sempre em segurança.

A oferta da Companhia é válida para voos realizados entre 2 de novembro a 17 de dezembro de 2020 e 11 de janeiro a 15 de março de 2021. E está disponível para compras realizadas em agências de viagens e online no site da TAP, www.flytap.com, quando introduzido o código promocional: KIDSBR. Para além da oferta da viagem e da estada, as famílias podem beneficiar de descontos e ofertas extras exclusivas nos hotéis parceiros da iniciativa. Mais informações podem ser consultadas em aqui.

Adicionalmente, e para garantir maior flexibilidade e tranquilidade aos seus Clientes, os bilhetes emitidos no âmbito da oferta em vigor, durante os próximos dias, para as famílias e as suas crianças também beneficiam de uma alteração gratuita.

Mesmo sabendo que o ambiente a bordo é dos mais esterilizados e seguros do ponto de vista do contágio de doenças infectocontagiosas, dada a qualidade do ar e a configuração da cabina, a TAP ajustou as rotinas e implementou novos e reforçados procedimentos, garantindo a todos os passageiros um ambiente Clean & Safe em todas as fases da viagem. A saúde e segurança de todos são a prioridade da TAP.

Maceió é o destino certo para famílias e os amantes de sol, mar e cultura. Praias de água morna e azul turquesa para todos os gostos, areia dourada e estradas adornadas de coqueiros, são algumas das incontestáveis belezas da nova rota da Companhia.

O Estado de Alagoas, a que pertence Maceió, é o Estado que teve a menor incidência de casos de Covid-19 no país na última semana, 25,8 casos para cada 100 mil habitantes, segundo o relatório divulgado, esta terça-feira, pelo Observatório Alagoano de Políticas Públicas para o Enfrentamento da Covid-19 da Universidade Federal de Alagoas.