TAP prolonga redução do horário de trabalho em outubro

TAP prolonga redução do horário de trabalho em outubro

Categoria Business, Transportes

A TAP vai manter os seus trabalhadores em redução de horário durante mais um mês, entre 01 e 31 de outubro, comunicou hoje o Conselho de Administração da empresa, numa carta aos colaboradores a que a Lusa teve acesso.

A transportadora aérea justifica a decisão de “aderir, no período de 01 a 31 de outubro, ao regime de apoio extraordinário à retoma progressiva”, criado para mitigar os efeitos da pandemia de Covid-19 na economia, por se manterem “os pressupostos que justificam a adoção das medidas que visam proteger os postos de trabalho e garantia da sustentabilidade da TAP”.

Este regime, que sucede ao lay-off simplificado e a que a TAP já tinha aderido em agosto, prevê uma redução do período normal de trabalho entre os 70% e os 20%, “para todos os trabalhadores, de modo progressivo, não estando prevista a figura de suspensão do contrato de trabalho”, esclarece.

Segundo a comunicação aos trabalhadores, cada um deles será informado individualmente sobre a modalidade que lhes será aplicada.

“Tendo em consideração a evolução da pandemia, as sucessivas restrições à mobilidade das pessoas definidas pelas autoridades governamentais dos países onde a TAP opera e os sinais da procura, estamos a viver uma retoma da atividade lenta e gradual”, sublinha a companhia aérea.