TAP quer fazer frente a low costs, comboios e autocarros com operação Lisboa-Porto

TAP quer fazer frente a low costs, comboios e autocarros com operação Lisboa-Porto

Categoria Business, Transportes

A partir do próximo mês de março, a TAP, através da sua nova marca TAP Express, que vem substituir a Portugália, vai passar a oferecer ligações de Lisboa ao Porto, e vice-versa, a toda a hora, com preços desde 39 euros (ida). Segundo Fernando Pinto, presidente executivo da TAP, serão efetuados 16 voos diários, num total de 114 voos semanais entre os dois destinos, ou seja, “mais 57 frequências dos que as que a TAP oferece atualmente”.

Confrontado com o facto de, tanto autocarros e comboios, como a Ryanair, oferecerem viagens de Lisboa ao Porto, a preços inferiores aos que a TAP irá praticar, Fernando Pinto afirmou que “se tratam de produtos completamente diferentes”. De acordo com o responsável, a “grande diferença é que nós temos um produto que, em menos de uma hora, entra lá e sai cá. A low cost tem tarifas mais baixas, mas não tem oferta. Nós teremos voos de hora a hora”.

Para Fernando Pinto, esta será “uma operação que permitirá, não só melhorar a ligação Porto-Lisboa, como trará melhorias no acesso a toda a rede de destinos TAP”, operados desde Lisboa. “A nossa ideia é entrar em competição com o comboio e com o autocarro”

Trata-se, segundo Fernando Pinto, de “um produto inovador” pois será “extremamente rápido e simples”, passando a haver check-in e portas de embarque dedicadas a esta operação.

Os voos serão operados pelos aviões A320 da TAP e os ATR72 da TAP Express.

Raquel Pedrosa Loureiro