“Temos de ser mais ambiciosos nos apoios ao emprego e às empresas”

“Temos de ser mais ambiciosos nos apoios ao emprego e às empresas”

Categoria Advisor, Política

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, defende que o Governo deve ser mais ambicioso nos apoios ao emprego e às empresas. Em declarações à imprensa, o governante revela que “aquilo que podemos sentir é que, se tivermos de fazer algumas contrações e se tivermos alguns dos nossos principais mercados de exportação — como a Alemanha, França ou Espanha — em situações de mais restrições de atividade, isso não vai ter um impacto positivo (na economia portuguesa). Por isso é que temos de ser mais ambiciosos nos apoios que vamos dar ao emprego e às empresas“, afirmou.

O ministro adiantou que “o maior contributo que cada um dos cidadãos pode dar para a melhoria da situação económica e para o emprego é ser extremamente responsável e cauteloso na forma como se comporta”.

Recorde-se que o Governo já admitiu prolongar para o próximo ano e reforçar o apoio à retoma progressiva, o regime que sucede ao lay-off simplificado e que permite às empresas em crise reduzir os horários de trabalho em função das quebras de faturação, enquanto recebem da Segurança Social um apoio para o pagamento dos salários.