Trabalhadores de aeroportos realizam esta quarta-feira concentração para exigir estacionamento

Trabalhadores de aeroportos realizam esta quarta-feira concentração para exigir estacionamento

Categoria Business, Transportes

De acordo com a Comissão de Trabalhadores da Groundforce, os trabalhadores dos aeroportos realizam esta quarta-feira uma concentração no Ministério das Infraestruturas e Habitação, em Lisboa, para exigir estacionamento nas zonas limítrofes aos aeroportos, lê-se no site da Lusa.

A iniciativa conta com a participação das comissões de trabalhadores (CT) da Portway e da TAP, além da da Grounforce, e com o Sindicato dos Técnicos de Manutenção e Aeronaves (Sitema) e o Sindicato dos Trabalhadores dos Aeroportos, Manutenção e Aviação (STAMA).

Segundo fonte da CT da Grounforce, os trabalhadores vão concentrar-se, em plenário, junto à entrada do metro no aeroporto de Lisboa, deslocando-se de seguida para o Ministério das Infraestruturas e Habitação, para entregar ao ministro Pedro Nuno Santos o abaixo-assinado “Estacionamento nos Aeroportos, Para os Trabalhadores” com cerca de 2.000 assinaturas.

“Vamos entregar o abaixo-assinado ao Sr. Ministro e exigir a suspensão do pagamento de estacionamento nas zonas limítrofes aos aeroportos até que se encontre uma solução definitiva, bem como o pagamento de indemnização aos trabalhadores pelas multas de estacionamento suportadas desde a privatização da gestão dos aeroportos portugueses”, lê-se num comunicado divulgado pela CT da Grounforce.

Segundo explicou um elemento da CT à agência Lusa, “a ação é transversal a todos os trabalhadores dos aeroportos” e foram convidadas a aderir 17 estruturas representativas dos trabalhadores do setor da aviação e aeroportos. “A maioria” dos funcionários dos aeroportos trabalha por turnos e, durante a noite, não há transportes públicos e os parques de estacionamento “são caríssimos e estão vazios”, disse a mesma fonte, afirmando que a situação está a dificultar a contratação de pessoal.