Três projetos finalistas do “Hospitality Challenge” recebem bolsa de formação na Les Roches

Três projetos finalistas do “Hospitality Challenge” recebem bolsa de formação na Les Roches

Categoria Advisor, Formação

Três projetos – Service Club Delivery, Coliving Hotels e Little Big Travel – estão entre os 30 finalistas do “Hospitality Challenge”, a competição inovadora organizada pela Oganização Mundial do Turismo (OMT) e a Sommet Education, um grupo educacional formado pela Les Roches Glion Institute of Higher Education, e Ecole Ducasse, destinada a identificar ideias e indivíduos capazes de acelerar a recuperação do setor turístico, um dos mais afetados pela pandemia Covid-19.

Para Zeynep Demirbilek fundadora de Service Club Delivery, um dos principais problemas a serem enfrentados no caminho da recuperação é a precariedade do setor de serviços de entrega, que são mais essenciais do que nunca. Esta cidadã polaca residente em Barcelona afirma que “temos a obrigação de oferecer aos motoristas de entregas aquilo que lhes foi privado: valor, reconhecimento, apoio, orientação, comprometimento, formação e oportunidades de trabalho”. Sob essas premissas, é criada a Service Club Delivery, uma plataforma de formação e contratação especializada em serviços de delivery. O aplicativo está equipado com um sistema de certificação patenteado que garante às empresas contratantes uma ampla gama de candidatos qualificados filtrados de acordo com sua experiência e adequação ao cargo, mas também oferece cursos rápidos via digital para motoristas os – desde línguas, atendimento ao cliente, segurança e até riscos ocupacionais – e uma bolsa de empregos. “Na plataforma, estas pessoas encontram dicas, suporte e orientação no dia a dia e, o mais importante, recebem formação e certificação que os ajudam na sua profissão mas também lhes abre portas para novas áreas”.

COliving Hotels, é uma plataforma especializada no aluguer mensal de quartos de hotel para residentes de média e longa duração. O seu objetivo é ser uma alternativa inovadora e atrativa ao alojamento tradicional, ao mesmo tempo que os hotéis conseguem rentabilizar os seus quartos vazios. Com o COliving Hotels, o hóspede encontra todos os hotéis disponíveis para estadias longas na mesma plataforma, a preços competitivos e sem necessidade de documentos em papel. Para a fundadora deste projeto, Ana Poley (cidadã espanhola) coliving é uma tendência crescente que não só permite uma maior conciliação da vida privada com a vida profissional, mas também incentiva o sentimento de comunidade em ambientes de confiança onde é privilegiada a economia da partilha. “Estamos a transformar a vida de um hotel numa experiência de vida partilhada, ajudando a redistribuir o ambiente urbano, reduzindo a gentrificação e favorecendo a sustentabilidade das cidades”.

Little Big Travel nasceu com a intenção de mitigar a sobrelotação dos destinos turísticos mais procurados através da promoção do turismo local. A ideia surgiu como parte da viagem que sua fundadora, Katia Rivera, fez do México a Espanha para conhecer a cidade de seu avô materno, Hoyo de Manzanares. “Aí surgiu a minha inspiração para o projeto; dessa necessidade de reavaliar as pequenas cidades e nos reconectar com as nossas raízes ”.

À medida que certos destinos se tornam populares e o volume de viajantes aumenta, as comunidades são obrigadas a crescer de uma forma para a qual as suas infraestruturas não estão preparadas e, muitas vezes, os atores locais carecem dos recursos necessários para competir no novo cenário. “Quando isso acontece, os turistas têm menos probabilidade de encontrar o que procuram e, como resultado, as experiências são menos satisfatórias”. Com o objetivo de devolver valor à singularidade local, a Little Big Travel foca-se não tanto no destino, mas em oferecer experiências únicas em que prevaleça a conexão com a cultura da região, configurando uma nova modalidade de viagem aninhada na economia de partilha, comportamental, ciência, sustentabilidade e internet das coisas. Através de uma rede formada por viajantes e os próprios locais, a aplicação visa criar uma metodologia universal que pode ser adotada por países desenvolvidos ou em desenvolvimento para criar catálogos e recomendações que promovam um modelo de turismo mais responsável.

30 bolsas ao serviço da inovação
O concurso Hospitality Challenge foi inaugurado em junho de 2020 para promover a recuperação do turismo através de projetos criativos e inovadores concebidos por empresários, startups, estudantes, novos profissionais ou apaixonados pelo setor. Entre as quase 600 inscrições recebidas de todo o mundo, 30 finalistas, incluindo Service Club Delivery, Coliving Hotels e Little Big Travel, receberam uma bolsa integral para programas de mestrado, bem como outros cursos de especialização em hotelaria, artes culinárias e pastelaria. Todos ministrados pelas instituições internacionais da Sommet Education: Glion Institute of Higher Education, Les Roches e École Ducasse.

Das 30 iniciativas finalistas, as três mais inovadoras serão financiadas pela Eurazeo, o grupo líder de investimento global do qual a Sommet Education faz parte, para apoiar o seu desenvolvimento inicial e aumentar as suas hipóteses de impactar a indústria do turismo e hotelaria.

Os três projetos nascidos em Espanha serão apresentados no dia 15 de abril às 10:00 numa conferência co-organizada pela Organização Mundial do Turismo (OMT) e Sommet Education-Les Roches, sob o título“¿Qué es lo próximo en carreras profesionales y responsabilidad social?”. O evento contará ainda com um debate moderado por Antonio López de Ávila, com a participação de Manuel Butler, diretor executivo da OMT; José Ángel Preciados, CEO da Ilunion e Carlos Díez de la Lastra, CEO da Les Roches Marbella.