“Tudo indica que as perspetivas para 2018 são positivas”

by Inês Gromicho | 20 Dezembro 2017 15:57

Foi desta forma que Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, classificou o próximo ano para o turismo nacional. À margem do último almoço de associados da Associação de Hotelaria de Portugal (AHP), na sua intervenção intitulada “Feliz 2019”, o responsável começou por realçar os objetivos alcançados pelo país ao longo deste ano ao nível turístico, nomeadamente na estabilização “da estratégia para os próximos dez anos (através do ET 27).

Numa altura em o turismo representa 18,4% das exportações e 9,1% do emprego nacional, Luís Araújo salientou que em 2018 tem que ser dada uma maior “valorização às profissões do setor” bem como na aposta à “digitalização e melhor eficiência do setor, fundamental para a competitividade”, nomeadamente na “estruturação de produto, na melhoria da experiência e na comercialização do destino”.

Por fim, o líder do Turismo de Portugal destacou a importância da “sustentabilidade ambiental e social” e a melhoria na comunicação. “Ganhar escala e competitividade, através da adaptação das empresas aos novos mercados e novos segmentos”, sintetizou.

[1]Ano de reconhecimento internacional
Por seu lado, Raul Martins, presidente de AHP, falou de um ano “de inequívoco reconhecimento internacional, que nos fez crescer, mudar e ficar mais fortes” ao nível do turismo.

De acordo com o responsável, no próximo ano é necessário “esbater a concentração da procura e promover uma relação harmoniosa entre visitantes e visitados”. Só desta forma, sublinha, é possível “aumentar a receita, a estadia e a qualidade”.

Endnotes:
  1. [Image]: https://www.ambitur.pt/wp-content/uploads/raul18-e1487163473759.jpg

Source URL: https://www.ambitur.pt/tudo-indica-que-as-perspetivas-para-2018-sao-positivas/