Turismo Centro de Portugal congratula-se com distinções para a  Nazaré nos “Óscares das Ondas”

Turismo Centro de Portugal congratula-se com distinções para a Nazaré nos “Óscares das Ondas”

Categoria Destinos, Explore, Home

As ondas gigantes da Praia do Norte, na Nazaré, voltaram a estar em grande destaque nos “Big Wave Awards” da Liga Mundial de Surf (WSL). “Um total de nove nomeações, que voltam a colocar o Canhão da Nazaré como um destino único para o surf mundial”, congratula o Turismo Centro de Portugal.

O recorde mundial da maior onda surfada, que pertencia a Garreth McNamara, foi batido no dia 8 de novembro do ano passado pelo brasileiro Rodrigo Koxa — com uma onda com 24,38 metros de altura –, uma vez mais, na Praia do Norte. Também a queda do ano (“Wipe Out“) ocorreu no mesmo dia e local, da autoria do britânico Andrew Cotton. Nesta categoria, estava ainda nomeado o mexicano Owen Schultz por uma queda na Nazaré.

A Praia do Norte estava nomeada ainda em outras categorias. Na categoria “Ride of the Year” (“Melhor Onda”), recebeu nomeações com ondas do australiano Ross Clarke-Jones e do alemão Sebastian Steudtner. E na categoria “Paddle“, estava nomeada com uma onda do brasileiro Lucas Chianca.

O Turismo Centro de Portugal faz notar, em comunicado, que “estes prémios e nomeações vêm consolidar a importância do Centro de Portugal como destino internacional de excelência para a prática de surf. Além das ondas gigantes da Nazaré, Peniche, que acolhe uma etapa do campeonato mundial, apresenta das ondas tubulares mais perfeitas que se podem encontrar e a Figueira da Foz oferece a onda direita mais comprida da Europa. Razões mais do que suficientes para se considerar a costa atlântica do Centro de Portugal como a melhor da Europa para a prática da modalidade”.