Turismo Centro de Portugal: Passear pelas ecopistas acessíveis do Centro de Portugal

by Inês Gromicho | 5 Dezembro 2019 10:29

O Centro de Portugal está recheado de ecopistas que atravessam bosques, campos, praias, antigos túneis ferroviários, pontes centenárias e até fortalezas históricas. A pé ou a pedalar, porque não percorrê-las sob a magia das cores do Outono?

Ecopista do Vouga (Aveiro)
Em Sernada do Vouga, Águeda, há uma ecopista que atravessa cinco antigos túneis ferroviários e a centenária Ponte do Poço de Santiago. Está erguida por 11 arcos de pedra, 28 metros acima das águas tranquilas do Rio Vouga. Durante 10 Km, a ecopista segue o percurso da antiga linha férrea que ligava Sernada do Vouga a Viseu. Pelo meio, é possível refrescar e renovar energias na antiga estação de Paradela, hoje convertida numa simpática cafetaria.

[1]Ecopista de Mira (Coimbra)
Diversidade talvez seja a palavra que melhor define esta ecopista. Ao longo dos seus 25 Km percorrem-se bosques, caniçais, lagoas, ribeiros, palhais e praias. Esta ciclovia é constituída por três rotas. A mais extensa é a Rota da Gandaresa (10 km), que liga a Praia de Mira ao Areão. A segunda rota, denominada Rota das Lagoas (8 km), também parte da Praia de Mira e estende-se até à Lagoa de Mira. Já na Lagoa de Mira, pode partir para a Rota dos Moinhos (6 km) que se prolonga até ao Parque Ambiental da Calvela.

Ecopista do Dão (Viseu)
Há 30 anos passava por aqui o comboio que ligava Santa Comba Dão a Viseu. Agora, a linha está transformada numa das maiores ciclovias do país, com 48 Km que serpenteiam entre vinhas, campos cultivados, túneis, pontes e aldeias. Em 2013, a Ecopista do Dão foi distinguida na categoria “Excelência” pela Associação Europeia de Vias Verdes.

Ecopista da Estrada Atlântica (Leiria/Oeste)

[2]

Foto cedida Turismo Centro de Portugal

A Ecopista da Estrada Atlântica é uma extensa rota de 62 Km que se prolonga desde a Praia do Osso da Baleia, em Pombal, até à Foz do Arelho, nas Caldas da Rainha. É um trajeto de acentuada beleza paisagística. Após enveredar pelo pinhal de Leiria, a rota estende-se pelo litoral em direção ao Sul, na companhia das praias da Marinha Grande, Alcobaça e Nazaré. O último troço (8 km), acompanha a costa da Foz do Arelho, onde a Lagoa de Óbidos se reúne com o mar e culmina na praia de Salir do Porto, onde encontrará aquela que dizem ser a duna mais alta de Portugal, que se ergue a 50 metros de altura numa das extremidades da idílica Baía de São Martinho do Porto.

[3]Ecopista de Almeida (Beiras e Serra da Estrela)
A famosa muralha em forma hexagonal da aldeia histórica de Almeida tem um percurso com cerca de três Km que envolve o perímetro da fortaleza. A pé ou de bicicleta é possível percorrer esta via e visitar o exterior da muralha da antiga praça-forte desta povoação que desempenhou um importante papel estratégico nas invasões francesas do início do Século XIX.

Endnotes:
  1. [Image]: https://www.ambitur.pt/wp-content/uploads/Ecopista-de-Mira.gif
  2. [Image]: https://www.ambitur.pt/wp-content/uploads/ecopista-estrada-Atlantica.gif
  3. [Image]: https://www.ambitur.pt/wp-content/uploads/Ecopista-de-Almeida.gif

Source URL: https://www.ambitur.pt/turismo-centro-de-portugal-passear-pelas-ecopistas-acessiveis-do-centro-de-portugal/