Turismo Desportivo ganha relevo no Brasil

Categoria Advisor, Internacional

O desporto tem sido um motivo cada vez mais frequente para viajar para o Brasil, quer seja para participar em campeonatos ou simplesmente para assistir. O turismo desportivo é apontado como tendência no mercado português, representando 12% da procura comercializada pelos operadores turísticos. Neste mês de abril, em que se celebra o Dia Mundial da Atividade Física, o Dia Internacional do Desporto ao Serviço do Desenvolvimento e da Paz, e o Dia Mundial da Saúde, e a menos de quatro meses do início dos Jogos Olímpicos do Rio, o desporto ganha ainda maior destaque na agenda turística brasileira.
Em 2014, a Copa do Mundo atraiu cerca de um milhão de turistas estrangeiros ao Brasil, provenientes de 203 países, somando ainda mais de 5 milhões de viagens domésticas. Este evento trouxe cerca de 1,39 mil milhões de euros em receitas ao país. “Mas o turismo desportivo no Brasil não depende apenas dos grandes eventos internacionais; de facto, uma das principais tendências que se têm vindo a expressar no turismo desportivo no Brasil é a das competições amadoras. As corridas de rua e as maratonas são as principais manifestações desta tendência. Uma empresa organizadora deste tipo de eventos afirmou que, apenas no ano de 2014, foram mais 100 mil os participantes, sendo as atletas femininas as principais representantes”, acrescenta o comunicado do Turismo do Brasil.
Esta tendência não passou despercebida pelo sector hoteleiro do Brasil, tendo uma das principais redes da América Latina criado, inclusive, uma ‘tarifa desportiva’ que permite obter descontos até 56%, aplicada a quaisquer hóspedes que estejam inscritos em competições desportivas. Ao longo do ano de 2016, serão várias as maratonas que se vão realizar no Brasil.