Turismo português dá cartas na Fitur

Turismo português dá cartas na Fitur

Categoria Advisor, Associativismo

Portugal vai ter a maior representação de sempre na Fitur – Feira Internacional de Turismo, que se realiza de 17 a 21 de janeiro, na capital espanhola, em Madrid. Nesta 38ª edição, o stand português irá reunir as sete regiões de turismo, complementadas por 76 empresas portuguesas e cinco startups.

O objetivo da participação portuguesa é mostrar o “Melhor Destino do Mundo”, distinção atribuída pelos World Travel Awards, que, em 2017, decorreu em São Petersuburgo, na Rússia. Em fase de rescaldo do ano onde foram batidos todos os recordes, o destino quer ainda demonstrar o trabalho desenvolvido em articulação com as várias regiões, também elas consideradas as melhores em diferentes categorias: “Melhor Destino City-Break do Mundo” (Lisboa), “Melhor Destino Insular do Mundo” (Madeira) e “Melhor Praia da Europa” (Algarve), sem esquecer que Portugal é também o “Melhor Destino de Golfe do Mundo” (World Golf Awards).

Com uma área de 913 metros quadrados, o stand do Turismo de Portugal vai estar localizado no pavilhão 4, dedicado à Europa. À semelhança do que ocorreu na edição anterior, o espaço português irá ser complementado com a presença de cinco startups: Agência de Viagens Daquiparali, YnnovBooking, Farmer Experience, Hotelvoy e Green Stays.

Outros dos destaques vai para o Alentejo, que, este ano, é o “Destino Enoturístico Internacional Convidado” do certame. A região, que pretende fazer-se acompanhar por nove empresas, vai estar presente num stand com mais de 300 metros quadrados.

Segundo dados do Turismo de Portugal, Espanha tornou-se um mercado estratégico para Portugal. Até outubro de 2017, foram contabilizados 1,5 milhões de hóspedes espanhóis, um crescimento de 2,4% face ao período homólogo do ano anterior. Quanto às receitas (1.680,7 milhões de euros), registou-se também uma subida de 20,7%.

Este artigo foi publicado na edição 307 da Ambitur.