Um dos mais luxuosos navios de cruzeiro da atualidade estreia-se nos Açores

Categoria Business, Transportes

O movimento de navios de cruzeiro relativo a este mês de novembro termina com a estreia, em duas ilhas açorianas, de um dos mais luxuosos navios de cruzeiro da atualidade. A visita que o Seven Seas Explorer efetua em Ponta Delgada esta terça-feira e no dia seguinte na Horta, dá continuidade à dinâmica que a Regent Seven Seas Cruises tem vindo a promover no arquipélago, companhia que até 2020 já tem várias escalas agendadas nos Açores, revela a Associação dos Portos de Portugal.

O luxuoso paquete está a efetuar uma viagem transatlântica de 15 dias entre Lisboa e Miami. Este cruzeiro teve início no passado dia 24 de novembro, na capital portuguesa, e antes de chegar aos Açores realizou uma escala no Funchal. Amanhã, tem previsto atracar no Terminal das Portas do Mar cerca das 07h00 e vai permanecer na cidade até às 19h00, hora prevista para zarpar rumo ao Faial. Na cidade da Horta, os quase 700 passageiros vão ter a oportunidade de conhecer a cidade e a ilha entre as 07h00 e as 17h00 da próxima quarta-feira. Após deixar o arquipélago, o navio tem programada ainda mais uma escala, desta feita em King’s Wharf, nas Bermudas.

Construído nos estaleiros Fincantieri, em Génova, na Itália, o navio de cruzeiros possui 223 metros de comprimento, 31 metros de boca, sete metros de calado e 56 mil toneladas de arqueação bruta. Os passageiros têm 10 decks disponíveis, por onde se distribuem as 375 cabines, todas suites com varanda, que na sua capacidade máxima podem acomodar 750 passageiros. A tripulação é composta por 552 elementos. Foi inaugurado em julho de 2016, numa cerimónia que decorreu no principado monegasco e teve como madrinha a princesa Charlene do Mónaco.

Considerado pela crítica da especialidade como um dos mais luxuosos navios de cruzeiro construído nos últimos anos, o Seven Seas Explorer combina elegância, luxo e requinte ao nível dos melhores do género. Nas áreas públicas, cerca de 2500 obras de arte ornamentam o navio, entre elas peças de Picasso e Chagall. A quantidade de mármores e azulejos que decoram o navio é assinalável e sua gastronomia irrepreensível. Segundo a crítica, o que este Seven Seas Explorer oferece ao seus hóspedes supera as expetativas, mesmo as dos mais exigentes.

A Portos dos Açores S.A. regista mais estas duas relevantes escalas num contexto de crescente atenção e referência que os portos açorianos têm vindo a conquistar junto dos grandes armadores/operadores da atualidade.