Um Fator/Palavra-Chave para o Negócio Turístico nos próximos anos: “A Distribuição e os Recursos Humanos”

Um Fator/Palavra-Chave para o Negócio Turístico nos próximos anos: “A Distribuição e os Recursos Humanos”

Categoria Advisor, Opinião

No 29º Aniversário da Ambitur retomámos um desafio já lançado por nós há três anos e, uma vez mais, o setor correspondeu. O “Passa a Palavra” colocou o primeiro repto a Gonçalo Rebelo de Almeida, da Vila Galé; Nuno Mateus, da Solférias; Frederico Costa, das Pousadas de Portugal e Manuel Proença, da Hoti Hotéis. Estes quatro profissionais explicaram quais os desafios que se colocam ao Turismo nos próximos tempos e ficaram também incumbidos de nos indicar a quem poderíamos lançar o mesmo repto. Ao longo dos próximos dias iremos publicar aqui os 29 comentários que resultaram deste “Passa a Palavra”. 

A Distribuição e os Recursos Humanos

Por Gonçalo Rebelo de Almeida, administrador da Vila Galé

O primeiro desafio passará pela estratégia de distribuição do produto de modo a conseguir que o cliente final possa descobrir e reservar os hotéis de forma segura, com acesso a informação credível e aos preços certos. A complexa teia da distribuição que existe hoje em dia com múltiplos players e intermediários, todos eles conectados com diferentes modelos de ligações, espalhados por múltiplas plataformas, impede os hotéis de terem um controlo rigoroso sobre a sua unidade e gera desconforto e desconfiança no cliente final. O processo deverá passar por uma seleção mais cuidada e criteriosa dos parceiros e na qualidade e rigor das informações e preços distribuídos.

O outro desafio em Portugal será a criação de mecanismos para reverter a atual carência de recursos humanos, provavelmente melhorando as condições de trabalho e repensando processos de funcionamento de modo a tentar cativar novos públicos para o setor.”

Publicado na edição 324 da Ambitur.