Um fator/Palavra-chave para o negócio turístico nos próximos anos: “Distribuição”

Um fator/Palavra-chave para o negócio turístico nos próximos anos: “Distribuição”

Categoria Advisor, Opinião

Distribuição Hoteleira

Por Susana Tavares, CCO Vila Foz Hotel & Spa

Desde há uns anos, foram vários os canais que revolucionaram a distribuição hoteleira, possibilitando a diversificação da segmentação e a eficácia de distribuirmos a nível global.

Com o rápido crescimento destes modelos de distribuição passamos a lidar com a estratégia como se fosse uma marioneta; a tendência de desconfiança e prudência inicial, logo passou a excesso de confiança, sendo todas as cartas de distribuição hoteleira dadas de modo a que estes canais tomassem esse mesmo controlo.

A falta de controlo na distribuição, estratégias unilaterais de preços, associadas a campanhas de marketing ocultas, que distorcem, cruelmente, a essência do n/ produto e a ténue linha de onde começa e acaba a distribuição online, são hoje preocupações que ultrapassam qualquer paridade de preço, mas representam sim uma enorme falta de transparência para com o cliente final, não contabilizando o tempo gasto a lidar com todo este tipo de situações que se tornaram o nosso dia-a-dia.

Uma das palavra-chave para o futuro do turismo e a sua sustentabilidade, é o desafio da distribuição hoteleira; é o repensar a sua distribuição com base em parceiros de negócios com filosofia e princípios éticos semelhantes ao nosso próprio modelo de distribuição, um equilíbrio entre a distribuição online e offline, sem que a primeira não feche a porta à segunda. O modelo win-win é e vai continuar a ser o segredo para a continuidade de qualquer negócio.

(indicada por Bernardo D’Eça Leal)

*No 29º Aniversário da Ambitur retomámos um desafio já lançado por nós há três anos e, uma vez mais, o setor correspondeu. O “Passa a Palavra” colocou o primeiro repto a Gonçalo Rebelo de Almeida, da Vila Galé; Nuno Mateus, da Solférias; Frederico Costa, das Pousadas de Portugal e Manuel Proença, da Hoti Hotéis. Estes quatro profissionais explicaram quais os desafios que se colocam ao Turismo nos próximos tempos e ficaram também incubidos de nos indicar a quem poderíamos lançar o mesmo repto. Ao longo dos próximos dias iremos publicar aqui os 29 comentários que resultaram deste “Passa a Palavra”, acrescentando também quem foi indicado por cada um dos comentadores.

Publicado na edição 324 da Ambitur.