Uma viagem pelas rotas do vinho mundiais

Categoria Escapadas, LifeStyle

Com a chegada do mês de setembro inicia-se, por todo o mundo, a época das vindimas, um excelente momento para planear uma viagem e viver um dos momentos mais importantes e característicos do processo vinhateiro. E, por isso mesmo, a agência de viagens online Rumbo propõe um roteiro mundial aos amantes do enoturismo, que poderão conhecer os melhores destinos para desfrutar deste néctar dos deuses.

 

 
Cidade Europeia do VInho 2015 (3)· Portugal: De norte a sul, são várias as regiões portuguesas conhecidas pela produção de alguns dos melhores vinhos do mundo. Do Douro chega-nos o tão aclamado Vinho do Porto que pode ser provado nas caves da cidade de Vila Nova de Gaia enquanto observa os barcos rabelos no rio. Mais a sul, no Alentejo, poderá disfrutar dos vinhos de Borba, região de solos únicos e um microclima característico que dá origem a vinhos especialmente frescos e elegantes. No Algarve, zona de praias maravilhosas e com quatro denominações de origem, poderá provar vinhos de aromas frutados maduros e sabor aveludado e quente.

Sugestão Rumbo – Convento do Espinheiro & Spa*****: o Convento do Espinheiro Hotel & Spa fica a cerca de 5km de vários lugares emblemáticos, incluindo Universidade de Évora e Convento dos Lóios. Este hotel de 5 estrelas fica ainda nas imediações de outros pontos de interesse, entre os quais Templo Romano e Museu de Évora. Desde 218€/noite.

 

 

Chianti, Toscânia, Itália· Itália: Seguindo o roteiro viajamos agora até à região de Piamonte, no noroeste de Itália. Nas encostas dos Alpes podem visitar-se as vinhas de denominação de origem. Entre os seus vinhos podemos encontrar os afamados Barolo, Barbaresco, Gattinara e Moscato D’Asti. Baixando um pouco até à Toscânia, a maior região produtora de vinhos de Itália, onde poderá desfrutar do plano perfeito: descobrir a Itália profunda enquanto saboreia algumas das melhores uvas do mundo, como a Sangiovese ou a Lambrusco. Uma escapadela a Florência e Pisa é a cereja no topo do bolo para umas férias na bella Itália.

Sugestão Rumbo – Hotel Roma****: o Hotel Roma é um hotel de 4 estrelas que oferece alojamento confortável no centro de Florência. Destacam-se o bar, a decoração tradicional e a excelente localização na praça de Santa Maria Novella. Desde 116€/noite.

 

 

Napa Valley Sign· Califórnia (Estados Unidos): Milhões de pessoas visitam todos os dias o estado da Califórnia para ver o Passeio da Fama em Los Angeles ou visitar Alcatraz em São Francisco. Não obstante, cada vez mais são as visitas ao vale de Napa, a uma hora de São Francisco, onde se concentram mais de 300 vinicultores. Na realidade, são cerca de 8 milhões de visitantes anuais que desfrutam de um bom Chardonnay ou de uma Cabernet Savignon. A sua diversidade de solos, assim como os microclimas californianos, permitem fazer aqui crescer quase qualquer variedade de uva.

Sugestão Rumbo – Hotel Riverpoint Napa Valley***: Situa-se a pucos minutos do Scientopia Discovery Center e do comboio vinícola do Vale de Napa. Este complexo de apartamentos encontra-se perto do mercado Oxbow e da Casa de Ópera de napa. Desde 127€/noite.

 

 
Valle de Guadalupe mexico· México: Passando a fronteira para o México chegamos a uma região onde a qualidade do vinho tem vindo a aumentar exponencialmente ao longo das últimas décadas. A apenas 2 horas da cidade de São Diego, encontra-se o Vale de Guadalupe onde, graças ao seu clima quente, se cultivam variedades de uva como Tempranillo ou Garnacha. Por norma, os vinhos mexicanos tendem a ser encorpados, com uma elevada graduação, e de sabores frutados.

Sugestão Rumbo – Hotel Valle De Guadalupe Boutique***: Situa-se a uma curta distância do Parque Ejidal El Porvenir e do Museu da Missão de Guadalupe. O hotel encontra-se muito perto do Museu da Vinha e do vino. Desde 160€/noite.

 

 

 

Austrália· Austrália: Acabamos a viagem na Austrália, um país cada vez mais conhecido pela qualidade dos seus vinhos. O Vale de Hunter, situado a duas horas de carro de Sidney, é a região vinícola mais antiga do país e onde se podem encontrar mais de 150 adegas. Os espaços abertos e as incríveis paisagens permitem relaxar enquanto se disfruta de um dos seus vinhos mais aclamados, o Shiraz. Poderá também visitar o estado de Wyndham, uma das vinhas mais antigas da Austrália, onde todos os anos tem lugar o Opera in the Vineyards ou se encontra a adega Audrey Wilkinson em funcionamento desde 1866.

Sugestão Rumbo – Hotel Crowne Plaza Hunter Valley****: Oferece uma localização estupenda em Lovedale, perto do aeroporto e a uma curta distância do Zoológico Hunter Valley e da Pepper Tree Wines. Este hotel de 4,5 estrelas encontra-se muito perto da quinta Hope e da adega Tempus Two. Desde 144€/noite.