Universidade Portucalense uma referência no Turismo e Hospitalidade

Universidade Portucalense uma referência no Turismo e Hospitalidade

Categoria Advisor, Formação

Por Isabel Vaz Freitas, diretora do Departamento de Turismo, Património e Cultura da Universidade Portucalense

O Turismo e Hospitalidade da Universidade Portucalense (UPT) têm como projeto de formação áreas que unem o Turismo, a Hotelaria, a Restauração à gestão, economia, cultura, património cultural e património ambiental. Em consonância com a Estratégia do Turismo 2027, focamos a nossa atenção na competitividade e na sustentabilidade dos destinos em Portugal, tendo por base as pessoas, as comunidades e os seus territórios, clima, cultura, natureza, água, mar, gastronomia e vinhos, eventos, bem-estar.

Nas licenciaturas em Turismo e em Gestão da Hospitalidade, a prática e a investigação convivem numa atitude de crescimento face ao futuro. Exploram-se os serviços do turismo num diálogo com o mercado empreendedor, criativo, inovador e com desejo de alcançar a internacionalização. É na qualidade dos nossos produtos e serviços que Portugal pode fazer a diferença como destino.

Para prosseguir estudos, os estudantes têm oportunidade de escolher os mestrados em Turismo e Hospitalidade ou Património Cultural e Desenvolvimento do Território. Nestes ciclos aprofunda-se a investigação desenvolvendo projetos no âmbito do centro REMIT. A via estágio é uma outra alternativa que promove o contacto, a integração no mercado de trabalho e a aprendizagem para o exercício de uma profissão que tem por base uma formação de qualidade dos recursos humanos.

Nas áreas de especialização, a oferta do Departamento organiza-se por cursos do tipo Short Master que investem nas áreas de Gastronomia e Vinhos, Turismo Verde e Sustentável, Turismo de Negócios e Desenvolvimento Rural e Regional.

As parcerias que ao longo destes anos de formação na área do Turismo e Hospitalidade foram crescendo, assentam numa relação mútua de transferência de conhecimento e de realizações.

Na Universidade Portucalense não estamos sós neste crescimento. É este encontro de pessoas, de stakeholders, de vários atores do nosso território, que nos permitem ir dia a dia mais longe.

Este artigo foi publicado na edição 322 da Ambitur.