“Vê Portugal”: Turismo Centro de Portugal anuncia “upgrade” no programa

“Vê Portugal”: Turismo Centro de Portugal anuncia “upgrade” no programa

Nos dias 21 e 22 maio, Castelo Branco recebe a sexta edição do Fórum de Turismo Interno “Vê Portugal”. Promovido pelo Turismo Centro de Portugal, este evento vai decorrer no Cine-Teatro Avenida e pretende trazer a “debate” e a “reflexão” sobre questões que envolvem o mercado interno.

O Fórum, que já foi apresentado há cerca de um mês em Castelo Branco, sofreu algumas alterações. Foi num encontro com a imprensa, esta segunda-feira, em Lisboa, que Jorge Loureiro apresentou um “upgrade” ao programa da iniciativa, juntando algumas novidades como dois keynote speakers convidados. O vice-presidente do Turismo Centro de Portugal indicou que este Fórum pretende “atrair vários públicos de associações ligadas ao turismo e outras entidades regionais”, municípios e até “de muitos politécnicos e universidades, não só do centro de Portugal mas de todo o país” através da escolha de “pessoas que sejam capazes de promover o debate e a reflexão”.

Indo de encontro ao objetivo, o responsável anunciou a presença do secretário de Estado das Autarquias Locais Carlos Miguel e do conselheiro de Estado Luís Marques Mendes. Os dois convidados abordarão temas distintos.  Carlos Miguel vai debruçar-se sobre o tema da “Lei-Quadro da Transparência de Competências para as Autarquias Locais e Entidades Intermunicipais – Turismo”. Já o conselheiro de Estado vai abordar o “Binómio: Portugal Para Viver, Portugal Destino Turístico”. Será um momento marcado por “afirmações à democratização do turismo” e o “impacto que o setor tem nas regiões menos densas” como é o caso da cidade escolhida para este “encontro”, ressalta o dirigente que aproveitou para sublinhar que Castelo Branco é um exemplo de uma região a precisar de “investimento e de ajuda para crescer”. Para Jorge Loureiro, este é um tema “muito importante” para ser debatido e para perceber perceber assim “como é que esta democratização da economia do turismo chega aos territórios de baixa densidade”.

Adriana Rodrigues, chefe de Núcleo de Administração Geral e Comunicação do Turismo Centro de Portugal, acrescenta que o mote “Vê Portugal” deu azo para a possibilidade de “reunir as melhores personalidades para debater sobre a importância temática do turismo interno”, ao mesmo tempo que se discutem “algumas questões que preocupam” e que “merecem toda a atenção”.

O papel dos jornalistas também não foi esquecido, sendo que estes “estão refletidos na qualidade dos painéis e na moderação dos mesmos”, frisa a responsável. Paulo Zacarias Gomes (“Visão”), Paula Ribeiro (“Up Magazine” da TAP Portugal), João Fernando Ramos (“RTP”), João Vieira Pereira (“Expresso”) ou Rui Baptista (“Agência Lusa”), são alguns dos moderadores convidados.

Outra novidade do programa é a inclusão da Mesa Redonda sobre a “Promoção Turística Nacional – Que modelo?”. Moderada por Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, “esta será a primeira vez que todos os presidentes das entidades regionais vão debater sobre o modelo de promoção turística nacional”, sublinha Adriana Rodrigues

Com este “upgrade”, os responsáveis acreditam que estão “criadas as condições para fazer deste encontro algo que nos vem trazer sinais e metas daquilo que é o mercado interno”. Quando o Fórum foi lançado, há cinco anos, “havia um défice em não assumir a importância do mercado interno”. O cenário mudou bastante desde essa altura e esta sexta edição vem “valorizar” e “demonstrar o quão acertada foi esta aposta” do Turismo e Centro de Portugal, sustenta Jorge Loureiro.

Para além de olhar para o futuro, o Turismo e Centro de Portugal vai homenagear, no Jantar de Gala, as personalidades que se destacaram no setor turístico nacional e regional. Considerado pela organização como um dos momentos “mais altos” do programa, serão também entregues os Prémios de Concurso de Empreendedorismo Turístico “José Manuel Alves”, instituídos pelo Turismo Centro de Portugal e que visam apoiar projetos inovadores no setor do Turismo com implementação na região, assim como os Prémios de Teses Académicas que incidam sobre o Centro de Portugal.

A sexta edição do Fórum de Turismo Interno tem, até ao momento, 350 participantes, havendo a previsão da organização de atingir os 450/500 inscritos. As inscrições são gratuitas e ainda estão a decorrer através do seguinte link. Todo o programa pode ser consultado aqui.

Cristiana Macedo