Vendas de Cuba até final de abril contam com 10% de descontos

Vendas de Cuba até final de abril contam com 10% de descontos

“Estamos a apelar a que as pessoas sinalizem as viagens de verão para Cuba até ao final deste mês, pois estamos a falar em descontos apreciáveis na base dos 10%, ou seja, 300/400 euros num casal e 600/700 numa família de quatro pessoas, com dois filhos. Estes são descontos do próprio produto que não poderão ser feitos a partir de abril”, indicou José Manuel Antunes, diretor-geral da Sonhando, em declarações a Ambitur.pt no âmbito do roadshow sobre o destino que percorreu o país e terminou ontem, dia 6, em Lisboa.

Relativamente ao “nosso produto para Cuba, este está completamente estabilizado quer em relação à qualidade, como ao preço”, adiantou ainda o responsável. Para José Manuel Antunes, as pessoas já se aperceberam que Cuba é um pouco mais caro relativamente aos outros destinos das Caraíbas, mas é diferente e mais diversificado. “A qualidade que temos apresentado do produto ao longo dos últimos quatro anos tem sido excelente e reflete-se na confiança do mercado o que é notório”, acrescentou.

Para este ano, a operação que junta a Sonhando, Solférias e iTravel para Cuba será alargada face ao ano anterior. Esta irá contar com 31 voos, mais dois para Cayo Coco (um no início, outro no fim da operação) e mais cinco para Varadero (no final da operação que acabará a 14 de outubro).

Nuno Mateus, diretor-geral da Solférias, fez questão de frisar que apesar de, durante muitos anos, cada operador ter trabalhado por si em Portugal, acabaram por aprender que, num país com a dimensão de Portugal, “a chave do sucesso são as parcerias”. E acrescentou: “o que interessa é encher aviões e chegar ao final da operação com sucesso”.

O responsável da Solférias recordou também que cada vez mais se verificação uma antecipação nas vendas e reservas, mas que é necessário “convencer os clientes a reservarem cedo, pois há mais disponibilidade e os preços são mais atrativos”. Nuno Mateus lançou o desafio aos agentes de viagens: “vamos todos apostar em campanhas antecipadas”.

Roadshow é “único” em Portugal
Relativamente ao roadshow, José Manuel Antunes considera-o único em Portugal. “Este começou no Funchal a bordo de um navio da MSC, resultado da nova parceria que está a começar muito bem. Nesse evento tivemos 94 participantes, em Coimbra, no Vila Galé, tivemos 106 pessoas, no Porto, tivemos 246 pessoas, recebendo Lisboa 347 participantes”, acrescentou o operador turístico.

Analisando o período do mercado que se aproxima, onde o Mundo Abreu (que se realiza no próximo fim-de-semana) tem sido um marco importante ao nível do sentimento de compra de viagens pelos portugueses, José Manuel Antunes indica que “este é um evento que identifica as tendências de vendas para todo o mercado, não só para a Abreu. Vendemos neste período centenas de passageiros, se temos atualmente entre as 100 a 120 reservas, pensamos aumentar este número seis a sete vezes durante os próximos dias”. O responsável evidencia ainda que “temos acordos preferenciais também com a GEA do qual esperamos um grande trabalho em conjunto, sendo que os outros parceiros das operações para Cuba (Solférias e iTravel) têm acordos com outros agrupamentos de viagens. Este é o timing em que tudo começa a mexer, até porque normalmente as pessoas começam a pensar seriamente nas suas viagens de verão durante o período da Páscoa”.

Johana Tablada, embaixadora de Cuba em Portugal, que marcou presença no evento, em Lisboa, foi homenageada durante o roadshow, pelos operadores turísticos Sonhando, Solférias e iTravel.

Pedro Chenrim