#Viajarsemsairdecasa: Uma visita a Castelo Branco

by Inês Gromicho | 7 Abril 2020 15:17

Nos tempos que correm, a nossa casa tornou-se ainda mais “uma casa portuguesa”. Tal com cantava Amália Rodrigues, nos tempos que correm, a hospitalidade para “quem bate à porta” ou vive ao nosso lado é a nossa “grande riqueza”. E as boas experiências são feitas de sabores e cheiros. Mas, por agora, é melhor ficar no conforto do lar onde “há fartura de carinho” e a afastar “a cortina da janela” e ver o mundo através (porque não?) do computador.

À distância de um clique é possível visitar monumentos e locais nacionais e internacionais que merecem uma visita quando este período passar. A Ambitur.pt seguiu a ideia da Wide[1] e convida-o agora a conhecer a “capital da Beira Baixa”, aquela que reúne o melhor de dois mundos: Tradição e Modernidade. Castelo Branco foi, ao longo dos anos, “colecionando” património e hoje as famosas colchas bordadas já vão além fronteiras. No entanto, a arquitetura, os espaços culturais e o lazer são “artes” que a “Vila notável” não descura a quem a visita.

No Guia 360.º o visitante pode conhecer os pontos mais interessantes da Cidade através de imagens interativas ou slideshows.

[2]

Parque da Cidade (Foto Wide)

“Olá! Estás em castelo Branco!”, assim nos cumprimenta a plataforma que começa esta visita pelo Parque da Cidade. É a partir daqui que a viagem começa: ao clicar em “Começar aqui”, somos transportados para a fachada do Solar dos Viscondes de Portalegre e, numa visão 360.º, conseguimos ver o Solar dos Viscondes de Oleiros (atual Câmara Municipal), a Praça do Município e o Centro de Interpretação Ambiental. O Centro de Cultura Contemporânea (CCC) e a Biblioteca Municipal, com os seus 13 mil registos bibliográficos, estão logo ao lado. Ao entrar, somos brindados com uma frase de Saramago “Uma pessoa pode não ter livros, e apesar disso, gostar de ler”.

E porque não é só os livros que se lêem, a visita pode seguir às Muralhas, chegando ao Miradouro do Castelo para ler a paisagem magnífica que se estende por quilómetros sem fim à vista. Mas, pelo caminho, há outros elementos que se cruzam connosco como a incontornável Torre do Relógio, a Praça de Camões, com o seu Centro de Interpretação do Bordado ou a Casa do Arco Bispo; ou a Igreja de São Miguel, Sé Concatedral desde 1956 e que mostra uma junção de estilos ao longo dos tempos.

[3]

Museu Cargaleiro (Foto Wide)

Se a opção for seguir a Rua Nova, a paragem obrigatória é no Museu Cargaleiro, cujo objetivo é a divulgação da arte do autor Manuel Cargaleiro. E por falar em Museus, este Guia 360.º permite também ir até ao Museu Francisco Tavares Proença Júnior, ao Museu da Seda, gerido pela Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental; e até a dois museus fora da cidade: o Museu dos Têxteis, em Cebolais de Baixo; e o Museu do Canteiro, em Alcains.

Não nos podemos esquecer da Casa da Memória da Presença Judaica, na Rua das Olarias, uma homenagem ao povo Judaico que viveu em Castelo Branco, ou do Jardim do Paço Episcopal, um dos exemplares do Barroco em Portugal.

E para tornar esta visita ainda mais imersiva, a plataforma permite a ligação a óculos de realidade virtual e som ambiente. Podíamos dizer muito sobre esta viagem virtual, mas o objetivo é que seja o leitor a descobrir os recantos de Castelo Branco.

Ao comando do diretor do Monte Filipe Hotel, a viagem continua…

[4]

António Lopes

Os recantos de Castelo Branco vão mais longe. A pedido da Ambitur.pt, António Lopes, diretor do Monte Filipe Hotel & SPA, revela os lugares indispensáveis numa ida à cidade:

Cinco locais a não perder:

Indispensável em Castelo Branco:

A gastronomia:

Os restaurantes:

A não perder:

Nos arredores:

*Fotos creditadas pelo site da Wide

Endnotes:
  1. Wide: http://castelobranco360.cm-castelobranco.pt/
  2. [Image]: https://www.ambitur.pt/wp-content/uploads/Wide-CB-1.gif
  3. [Image]: https://www.ambitur.pt/wp-content/uploads/museu-cargaleiro-castelo-br.gif
  4. [Image]: https://www.ambitur.pt/wp-content/uploads/antonio-lopes-monte-filipe.gif

Source URL: https://www.ambitur.pt/viajarsemsairdecasa-uma-visita-a-castelo-branco/