VidaMar Resort Hotel Madeira destaca necessidade de “reforçar a mensagem de que a Madeira é um destino seguro” 

VidaMar Resort Hotel Madeira destaca necessidade de “reforçar a mensagem de que a Madeira é um destino seguro” 

Depois de alguns meses de portas fechadas, são já vários os hotéis reabrem para um “novo” verão.  A Ambitur.pt está a falar com algumas dessas unidades, que nos contam quais as expectativas que têm para os próximos meses e como está a ser feita esta abertura.

No VidaMar Resort Hotel Madeira, a maioria das reservas confirmadas para julho e agosto foram recebidas antes da pandemia provocada pela Covid-19. Quem o disse foi Ricardo Sargo, diretor da unidade, referindo que o “universo” dessas reservas corresponde a “estadias médias de seis noites”, uma duração “muito semelhante ao ano passado”. No entanto, o responsável dá nota de que todas as reservas ainda estão sujeitas a “cancelamentos tardios”, devido às “restrições de viagens prolongadas” impostas por outros países europeus, nomeadamente “Reino Unido e França”. Dos principais mercados, Ricardo Sargo destaca o “alemão, belga e português”.

No que diz respeito a expectativas, o diretor do VidaMar Resort Hotel Madeira afirma que a “procura pela unidade e pelo destino Madeira ainda é muito ténue”, acreditando que a “reabertura dos mercados tradicionais” e das “ligações aéreas para a região” possam “contribuir para a retoma faseada” da atividade, embora “ainda distante da dita normalidade”. Também o facto de “oferecermos uma unidade de alojamento resort”, situada à beira-mar e com “espaços exteriores disponíveis”, é motivo de confiança para o responsável acreditar numa retoma gradual.

“Conseguir ganhar confiança de todos aqueles que nos visitam”

Segundo o empresário, as questões mais colocadas pelos hóspedes prendem-se, essencialmente, com o “plano de segurança e prevenção” do hotel, inclusive o “uso de máscara obrigatório” ou os “serviços que estão disponíveis” e a “operar na plenitude”. E  o principal desafio destes tempos centra-se precisamente em “conseguir ganhar a confiança de todos aqueles que nos visitam” para que se “sintam seguros” dentro da unidade e “percebam que o hotel tem todas as condições para os receber dentro desta nova normalidade”. Além disso, Ricardo Sargo destaca a necessidade de “reforçar e passar a mensagem de que a Madeira é um destino seguro” e que, “desde que todos cumpram as regras, não há motivos para não viajar até cá e desfrutar do bom que existe”.

A segurança e a prevenção são uma prioridade para o  VidaMar Resort Hotel Madeira que adotou, desde o início, “todas as medidas exigidas pelas autoridades de saúde” e para a “atribuição” do selo “Clean & Safe” do Turismo de Portugal. No entanto, o diretor da unidade destaca as mudanças que foram feitas no serviço de buffet, quer ao pequeno-almoço, quer ao jantar, no qual o “cliente é agora servido pelos colaboradores”, deixando de haver o “tradicional self-service”. Além disso, à chegada do hotel é “oferecida a primeira máscara” a todos os hóspedes, remata.