Vincci abre segundo hotel no Porto e tem novos projetos para Portugal

Vincci abre segundo hotel no Porto e tem novos projetos para Portugal

Categoria Alojamento, Business

A Vincci Hoteles vai abrir no próximo dia 15 de junho o seu segundo estabelecimento no Porto, e quarto em Portugal. E conta já com mais dois projetos em marcha no nosso país.

O novo Vincci Ponte de Ferro é uma unidade quatro estrelas situada em Vila Nova de Gaia, que resulta de um investimentod e 29 milhões de euros. O projeto de arquitetura resulta de um trabalho conjunto entre o arquiteto português José Gigante e o gabinete Barcelona GCV arquitectura. O design de interiores ficou a cargo do gabinete de Rosa Roselló, avança o portal espanhol Hosteltur.

O hotel conta com 94 quartos e está implantado num conjunto de edifícios, mantendo a fachada de arcos de pedra do antigo Convento de São Bento de Ave-maria. O edifício principal conta com a receção e o lobby bar e uma suite no último piso, com vista panorâmica sobre o Douro e o Porto. No edifício onde antigamente funcionavam as adegas, há hoje quartos e estacionamento. Além disso, há um novo edifício com mais quartos, sala de reuniões e sala fitness.

O Hotel Vincci Ponte de Ferro conta com quatro opções gastronómicas: o lobby bar Miraponte Bar, o Adega Wine Bar e o restaurante à la carte Ponte de Ferro. No piso 12 existe um terraço onde funciona o 6 Ponte Sky Bar e uma piscina.

Com esta abertura, a Vincci Hoteles totaliza os quatro hotéis em Portugal: dois em Lisboa e dois no Porto. E é na Invicta que irá abrir uma terceira unidade no final de 2022, seguindo-se mais um em Sintra, ainda sem data definida. O terceiro hotel do Porto, um quatro estrelas, terá 102 quartos, restaurante à la carte, terraço e piscina exterior, e ficará situado perto do metro da Trindade. Já a unidade de Sintra será cinco estrelas num espaço de 8.000 m2, com 41 quartos distribuídos por cinco edifícios, e contará com um Spa, ginásio, parking, piscina, terraço solário e lounge bar, assim como uma zona destinada a eventos.