“Visitar” a Nazaré continua a surpreender

“Visitar” a Nazaré continua a surpreender

O Ranking de “Visitar” do Bloom Consulting Portugal City Brand Ranking mede o impacto da marca de cada um dos 308 municípios portugueses face ao seu público-alvo de Turismo: turistas nacionais e estrangeiros que vêm nestes territórios um potencial local para o seu próximo destino de férias. Através de uma medição completamente quantitativa (estatísticas oficiais, alcance de redes sociais, visitas ao website e pesquisas online) é possível perceber e classificar cada município em termos de impacto neste público-alvo específico. Quando mais alta a sua posição no Ranking de “Viver”, maior foi o impacto do município face a potenciais turistas.

Após ter entrado, pela primeira vez, no Top 10 do Ranking Nacional de Turismo, em 2018, a Nazaré volta a provar que se mantém num caminho ascendente ao passar do 7.º para o 4.º lugar, assumindo-se como um destino emergente. Marca Estrela da região Centro, no ano passado, recebe agora a mesma distinção da Dimensão Turismo (Visitar) a nível nacional, uma tendência que se adivinhava desde a última edição do Bloom Consulting Portugal City Brand Ranking, quando a busca por “Surf” na região havia aumentado exponencialmente (99%), por parte de turistas nacionais e internacionais. Nesta edição, o turismo dos municípios do Centro atraiu mais 15% de atenção.

O topo da classificação não registou alterações, com Lisboa, Porto e Funchal nos primeiros 3 lugares, respetivamente. Os concelhos lisboetas apresentaram um aumento de pesquisas em 8% no Turismo, com tópicos como “Locais Históricos” (+45%) e “Airbnb” (+24%) a ressaltar dos demais. Na capital, mais especificamente, houve um incremento nas procuras online por “Cruzeiros” (+88%) e “Aquários e Oceanários” (36%).

Por sua vez, no Norte, o interesse manifestado através de pesquisas digitais subiu 14% no âmbito turístico, com o tema “Tours” entre os mais requisitados. A fechar o pódio, surge o Funchal, o município madeirense que mais atrai turistas, a suscitar curiosidade em temáticas como “Mercados Tradicionais” (+99%) e “Viajar” (+71%).

Évora obteve o melhor resultado de sempre nesta esfera, subindo duas posições até ao 8.º lugar nacional, liderando a região do Alentejo em tópicos como “Vida Noturna”, “Parques” e “Locais Religiosos”, áreas que desencadearam interesse proativo nas pesquisas online, em 2018. Ainda entre os 15 primeiros, um apontamento para o reforço das prestações de Sintra (+1), Aveiro (+1), Ponta Delgada (+1) e Setúbal (+2).

Proeminente foi Guimarães, que exprimiu uma das maiores subidas da dimensão do Turismo, alcançando a 16.ª posição. Estreantes no Top 25, Loulé (+8) e Viana do Castelo (+4) desenvolveram igualmente elevações acentuadas, relegando Oeiras (-3) e Leiria (-2) para fora desta tabela. Matosinhos assinala a maior descida deste top, com a perda de 5 lugares, mas mantem-se firme nos primeiros 25 concelhos do país.

Consulte o Ranking completo aqui.