Volta Int.: “Covid-19: precisamos de uma Europa forte”

Volta Int.: “Covid-19: precisamos de uma Europa forte”

Travel Daily News:

“Covid-19: precisamos de uma Europa forte”

Numa declaração emitida pelos chefes de estado e governo da União Europeia, estes responsáveis dizem que “para superar os desafios extraordinários da pandemia da Covid-19, a União Europeia deve mostrar que é mais do que a soma de seus membros. Empurrados pela urgência em questão, os Estados-Membros assumiram a liderança com razão nas últimas semanas, mas infelizmente isso leva-nos a um cenário disperso de medidas. Recuperando-se da crise, apenas soluções europeias podem funcionar, colocando o mercado único como instrumento central. Mais do que nunca, precisamos de uma Europa forte, onde seus governos, empresas e cidadãos mostrem sua solidariedade”.

Hosteltur:

“Empresários alemães exigem a reabertura de Maiorca “o mais rápido possível”

Quase 200 empresários alemães com alojamentos em Maiorca exigem que o governo das Baleares, abra a ilha o mais rápido possível para retomarem aos alojamentos. Nas cartas enviadas, os mesmos criticam a severidade das medidas aplicadas pelo governo central para enfrentar a crise da Covid-19, cuja legalidade eles questionam. A Armengol respondeu aos cidadãos alemães, assegurando-lhes que “as exigências são as mesmas para todos” e que “o retorno às atividades garantirá segurança”.

“Bruxelas prevê receber até 25% do fundo de recuperação ao turismo”

O Comissário Europeu para o Mercado Interno, Thierry Breton, considerou esta terça-feira que o setor de turismo deve receber entre 20% e 25% da ajuda do fundo de recuperação que a União Europeia prevê criar para relançar a economia do continente após a pandemia de coronavírus. O comissário destacou a forte dependência do turismo em países como Espanha, Itália e Grécia, e especialmente nas ilhas.

“Governo não possui calendário para reabrir a atividade turística”

A Ministra da Economia, Nadia Calviño , garantiu que o governo não estabeleceu um cronograma para retomar a atividade no setor de turismo, uma vez que age de acordo com as recomendações das autoridades de saúde.

Mercado&Eventos:

“Emirates volta a adiar retoma das operações no Brasil”

Dadas as incertezas e temores consequentes da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Emirates voltou a adiar o início das operações no Brasil. Previstas para maio, as operações passaram para julho. As últimas atualizações dão conta de que a companhia irá retomar os voos diários entre Dubai e São Paulo/GRU no dia 2 de julho, com quatro frequências semanais, operadas por A380s, que passam a ser diárias no dia 14 do mesmo mês.

 

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Internacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.