Volta Int.: “Espanha perdeu 7 mil milhões de gastos turísticos em abril”

Volta Int.: “Espanha perdeu 7 mil milhões de gastos turísticos em abril”

Hosteltur:

“Espanha perdeu 7 mil milhões de gastos turísticos em abril”

A falta de atividade turística em abril após o encerramento das fronteiras a meados de março levou a que a Espanha perdesse mais de sete milhões de turistas estrangeiros, o que equivale a uma perda, nesse mês, de 7 mil milhões de euros, de acordo com dados registados no ano passado. O Instituto Nacional de Estatística (INE) publicou esta segunda-feira o Inquérito aos Movimentos Turísticos nas Fronteiras (Frontur) e o Inquérito às Despesas Turísticas (Egatur) de visitantes internacionais em abril, que refletem uma imagem incomum: “zeros em todos os títulos, que se traduzem em perdas de milhões de dólares naquele mês”.

“Hotelbeds vai cortar 20% dos empregos, mas nenhum em Espanha”

A Hotelbeds anunciou hoje aos funcionários um plano que os informa sobre uma extensão do ERTE e a redução da força de trabalho em todo o mundo em resposta ao impacto da pandemia da COVID-19 no setor global de turismo. O referido corte chegará a 20% globalmente, embora não afete Espanha, onde a empresa tem sede.

“NH Hotel Group prevê chegar a 200 estabelecimentos abertos em junho”

Esta segunda-feira, o NH Hotel Group reabriu o NH Nacional, localizado em frente ao Jardim Botânico e à Estação Madrid Atocha, que servirá de modelo para acompanhar os novos protocolos implementados para maximizar a segurança e a saúde em todos os seus hotéis. Durante a reabertura, eles anteciparam que em junho planejam ter cerca de 200 hotéis abertos em todo o mundo, 55% do portfólio.

“Alemanha, um mercado que vai despertar gradualmente”

A partir de meados de junho, a recomendação de não viajar para 31 países europeus, incluindo os 26 países da UE, será levantada na Alemanha e, de fato, a maioria das companhias aéreas anunciou o reinício gradual das atividades para meados de junho. No entanto e de acordo com um relatório da Turespaña, em Berlim, “dois em cada três operadores turísticos e agências de viagens no referido mercado emissor estão em risco de falência”, além de que os “alemães não estarão preparados para retomar à normalidade das viagem”, assim que, as “fronteiras forem reabertas”.

Mercado & Eventos:

“Aeroporto do Guarujá pode voltar a receber voos comerciais regulares”

A Infraero vai assumir a gestão do Aeroporto Civil Metropolitano do Guarujá (SP). Pelos próximos 12 meses, a empresa será responsável pela gestão aeroportuária e operacional das instalações, com o objetivo de adequá-las para o recebimento de voos comerciais regulares. A volta de empresas aéreas poderá ocorrer na segunda fase do contrato, quando a Infraero deverá viabilizar a certificação operacional do aeroporto para aeronaves comerciais regulares de menor porte, como o ATR-72.

“Grécia abre fronteiras para 29 países a partir de junho”

O Ministério do Turismo anunciou abertura de suas fronteiras para turistas estrangeiros de 29 países a partir do próximo dia 15 de junho. As chegadas internacionais estão restritas aos aeroportos de Atenas e Tessalônica, no norte do país. A lista de 29 países foi elaborada após um estudo do perfil epidemiológico dos países de origem dos turistas e levando em consideração os anúncios de quinta-feira (28) da Agência Europeia de Segurança Aérea (EASA).

 

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Internacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.