Volta Int.: “Novo governo alemão quer fazer avançar taxa de aviação europeia”

Volta Int.: “Novo governo alemão quer fazer avançar taxa de aviação europeia”

Hosteltur 

“Austrália adia 15 dias a sua reabertura devido à nova variante”
No próximo dia1 de dezembro a Austrália iria reabrir as suas fronteiras a estudante se trabalhadores estrangeiros, após ter permanecido fechada desde o início da pandemia, em março de 2020. No entanto, face à propagação da variante omicron da Covid-19, as autoridades decidiram adiar em 15 dias, até 15 de dezembro, esta reabertura.

“Novo governo alemão quer fazer avançar taxa de aviação europeia”
Em 2010, o Governo da chanceler alemã Angela Merkel deu luz verde a uma nova taxa aérea ambiental, um imposto que duplicou em 2019 para os voos de curta distância do país. 11 anos depois, a Alemanha quer ir mais além e fazer avançar essa taxa a nível europeu.

“Reino Unido retoma máscaras, quarentenas e PCR para todos”
O Primeiro Ministro britânico, Noris Johnson, anunciou este fim de semana que as máscaras voltarão a ser obrigatórias no interior de espaços, embora não na hotelaria, no Reino Unido, e que o país recupera a obrigatoriedade de PCR negativo (e não teste de antigénio) no segundo dia em todas as chegadas do exterior. Os viajantes devem permanecer isolados até saberem o resultado e fazer quarentena se for positivo, inclusivamente se estiverem vacinados.

“IATA quer validade de 12 meses para as vacinas”
A IATA reagiu à recomendação da Comissão Europeia de que o Certificado Digital Covid limite a sua validade a nove meses, a menos que seja administrada uma dose de reforço. Uma pessoa vacinada em março não poderia assim viajar em janeiro.

“EUA: 15 milhões de passageiros aéreos numa semana”
Os EUA tiveram a semana de maior tráfego aéreo desde que a pandemia foi declarada, em março, com 15 milhões de passageiros nos aeroportos do país entre 18 e 25 de novembro, segundo a TSA. Espera-se uma retoma recorde para este domingo, com mais de 2,4 milhões de viajantes, com as férias do Dia de Ação de Graças.

Mercado & Eventos 

“Cerca de 60% dos latino-americanos pretendem viajar até fevereiro de 2022”
Quase 60% dos viajantes latino-americanos pretendem viajar entre novembro de 2021 e fevereiro de 2022, aumento de 14% acima do apurado em outubro do ano passado, de acordo com uma nova pesquisa da Interamerican Network. No Brasil, o índice de pessoas que diz querer viajar ainda este ano também aumentou, em comparação com outubro de 2020. Antes, eram 34%, índice que subiu para 38,7% (considerando viagens em até dois meses).

“Fortaleza espera 500 mil turistas durante temporada de verão”
Fortaleza deve receber cerca de 500 mil turistas, entre nacionais e internacionais, nesta alta temporada de verão, representando uma injeção de mais de R$ 1,4 bilhão na economia da cidade. A estimativa é do Observatório do Turismo de Fortaleza, ligado à Secretaria Municipal do Turismo, e leva em conta a movimentação aeroportuária e a movimentação rodoviária.

“Ainda é cedo para lockdown nos EUA por conta da nova variante, diz Fauci”
O principal especialista em doenças infecciosas dos Estados Unidos, Anthony Fauci, afirmou que ainda é cedo para possíveis lockdows por conta da nova variante africana da Covid-19, bem como ações necessárias para conter a doença. Fauci afirmou ainda que os norte-americanos devem estar preparados para lutar contra a propagação da nova variante.

Panrotas 

“Omicron preocupa viajantes à medida que países endurecem regras”
Alguns viajantes estão a considerar cancelar ou adiar planos de viagem face às restrições provocadas pela nova variante de Covid-1. De acordo com informações da Reuters, os agentes de viagens acreditam que esta será uma ameaça a uma recuperação já frágil para o setor do turismo global.

“Para Azul, valor apresentado pela Latam ultrapassa o razoável”
A Azul Linhas Aéreas divulgou uma atualização da sua proposta para uma possível combinação de negócios com o Grupo Latam. Segundo a companhia, a proposta inclui a prospeção de cerca de cinco mil milhões de dólares ee financiamento em ações e a participação na sempre seria compartilhada entre os atuais acionistas da Azul, os credores da Latam que receberiam compensação em ações e os acionistas do Novo Capital.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Internacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.