Volta Int.: “OMT exige resposta efetiva de líderes mundiais para fazer frente à Covid-19”

Volta Int.: “OMT exige resposta efetiva de líderes mundiais para fazer frente à Covid-19”

Brasilturis:

“OMT exige resposta efetiva de líderes mundiais para fazer frente à Covid-19”

A Organização Mundial de Turismo (OMT) convocou o comitê de crises para pedir ações dos governantes a fim de minimizar os impactos da pandemia da Covid-19 no setor a nível mundial. “Esta crise mostrou a força da solidariedade através das fronteiras. Porém, palavras e gestos agradáveis ​​não protegerão empregos nem ajudarão os milhões de pessoas cujas vidas dependem de um setor turístico próspero. Os governos têm a oportunidade de reconhecer a capacidade única do turismo e não apenas oferecer emprego, mas também promover a igualdade e a inclusão. O setor provou a capacidade de se recuperar e ajudar as sociedades a recuperarem-se. Pedimos que agora o turismo receba o apoio certo para liderar novamente os esforços de recuperação”, diz Zurab Pololikashvili, secretário geral da OMT.

“Virgin Atlantic cancela lançamento da rota entre Londres e São Paulo”

A Virgin Atlantic anunciou que, devido à crise gerada pela pandemia da Covid-19, está a rever as operações aéreas. Depois da revisão, a companhia comunicou a decisão de cancelar o lançamento da rota entre Londres e São Paulo.

Hosteltur:

“Boeing retoma produção em Washington com 27 mil trabalhadores”

A Boeing vai retomar, esta semana, a produção de aviões de passageiros nas fábricas em Washington, depois de ser suspensa desde o final de março, após confirmar casos de infeções por coronavírus entre vários trabalhadores. Numa mensagem partilhada com toda a equipa, o CEO David Calhoun disse que o vírus “mudará nossos negócios nos próximos anos”.

“Cerca de 50 mil bares e restaurantes podem encerar em Itália”

Cerca de 50 mil bares  e restaurantes correm o risco de fechar definitivamente em Itália após a pandemia, alertou a Federação Nacional de Estabelecimentos Públicos (FIPE) esta segunda-feira, exigindo medidas “urgentes” do governo.

Panrotas:

“Lufthansa Group prolonga programação especial de voos até 17 de maio”

O Lufthansa Group irá prolongar a programação especial de voos até pelo menos 17 de maio de 2020, devido à crise de Covid-19. São Paulo é uma das cinco cidades em que a Lufthansa continuará a operar voos intercontinentais nesse período, com três frequências semanais (as partidas de São Paulo acontecem às segundas-feiras, quintas-feiras e aos sábados). As informações sobre os voos após esta data serão tomadas e anunciadas em breve.

“GE cancela 69 encomendas de Boeing 737 Max”

A GE Capital Aviation Services (GECAS) e a Boeing Company (Boeing) anunciaram um novo acordo relacionado aos pedidos de aviões Boeing 737 Max. No acordo, a unidade de negócios de aviação da GE, focada principalmente em leasing de aviões, comunica o cancelamento de 69 737 Max não entregues da carteira de pedidos.

Mercado&Eventos:

“British Airways prevê retorno ao Brasil em maio”

Com a pandemia do coronavírus (Covid-19), a British Airways foi apenas mais uma companhia a suspender as operações no Brasil. O retorno, no entanto, parece ter ganhado uma data certa. Isto porque a companhia britânica prevê retomar os voos para o país já no próximo dia 1 de maio. Embora os serviços estejam sujeitos a alteração por conta do avanço da pandemia, os voos serãooperados diariamente por B777-300ERs entre Londres/Heathrow e São Paulo/GRU.

 

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Internacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.

Foto: Zurab Pololikashvili, secretário geral da OMT