Volta Int: “TUI abrirá OTA, operador e consolidador no Brasil”

Volta Int: “TUI abrirá OTA, operador e consolidador no Brasil”

Hosteltur – www.hosteltur.com

“Abreu Online faturou 36% mais em 2015”
Com um crescimento global de vendas de 36% durante o ano de 2015, o operador português Abreu Online lançou na Fitur 2016 a sua nova associação com a Diotur, a sua web renovada e o reforço da sua oferta hoteleira. Para a Abreu Online, o ano de 2016 tem “metas ambiciosas” depois de, em 2015 , ter aumentado as suas vendas globais em 36% durante 2015.

“Uber condenada a a pagar 1,2 M € a uma associação de taxis em França”

Um tribunal de Paris condenou a startup Uber a pagar uma compensação de 1,2 milhões de euros à União Nacional de Táxis (UNT) por não informar corretamente as normas aos seus condutores profissionais, segundo informou a agência AFP na quarta-feira.
“Espanha superou os 68 milhões de turistas estrangeiros em 2015”
Mais de 68,1 milhões de turistas estrangeiro visitaram Espanha em 2015, o númro mais alto da história, e que representa um aumento de 4,9% face ao ano anterior, ou seja, mais 3,2 milhões de viajantes, indicam os dados da Frontur.

Panrotas – www.panrotas.com.br
“Tui abrirá OTA, operador e consolidador no Brasil”
Um dos maiores grupos mundiais da indústria de Viagens e Turismo, com sede na Alemanha e uma faturação de 18,7 mil milhões de euros, a TUI, colocou o Brasil no seu mapa de expansão, ao lado de países como a China, Índia e Portugal. A partir de abril, com a entrada em funcionamento da sua plataforma tecnológica em português, a TUI terá uma OTA b2c, um operadoracom pacotes dinâmicos e produtos da TUI Europa para agentes de viagens e um consolidador aéreo. “Será a primeira vez que um grupo grande internacional investe na área de consolidação no Brasil, que tem grandes empresas, mas todas nacionais”, diz Leandro Carvalho, diretor da Tui para a América Latina.

“Four Seasons irá inaugurar nove hotéis em 2016”
A Four Seasons Hotels and Resorts irá expandir a sua presença com a abertura de hotéis em todo o mundo. A primeira delas será em Bogotá, em abril. De acordo com o presidente e CEO da rede, Allen Smith, são empreendimentos iniciados do zero, conversões e renovações de prédios históricos. “Estamos à procura de oportunidades para alavancar as nossas vantagens competitivas e prestar um serviço personalizado e de alto nível, que é a expetativa do viajante de luxo”. Além do hotel na Colômbia, a Four Seasons levará a sua marca para destinos na América do Norte, Ásia e Oriente Médio. Até 2018, o Brasil ganhará uma unidade, mais exatamente em São Paulo.

Mercado e Eventos – www.mercadoeeventos.com.br

“Receita consolidada do Portobay atinge os € 71 milhões em 2015”
O grupo hoteleiro PortoBay fechou o ano de 2015 com 837 mil dormidas realizadas nos seus 11 hotéis e com uma receita consolidada global 6% acima do ano anterior, ultrapassando os € 71milhões. No Brasil, onde o grupo PortoBay tem três unidades hoteleiras – Rio de Janeiro, São Paulo e Búzios – a receita operacional decresceu 6% face a 2014, atingindo os 47,4 milhões de reais. Uma quebra já esperada, dado o aumento excecional de preços resultante da realização do Campeonato do Mundo de Futebol no ano anterior.
“Azul reforça operações na Bahia”
Com histórico de forte presença na Bahia, a Azul continua a investir no Estado com importantes novidades na sua operação local. A primeira delas é a intenção de voar para mais uma cidade baiana: Guanambi. A companhia estuda a implementação de voos para o novo destino, o que fará com que o estado se mantenha na liderança de cidades servidas pela Azul em todo território nacional.
“Dubai regista 7,5% de aumento em dormidas em 2015”
No ano de 2015, o Dubai registou 14,2 milhões de dormidas. O número representa um aumento de 7,5% em relação a 2014. Apesar da crise na economia, o setor do turismo nos Emirados permanece progredindo e a expetativa é chegar aos 20 milhões de visitantes por ano até 2020.

Preferente – www.preferente.com

“Accor venderá 85 hotéis na Europa por 504 milhões”
A cadeia Accor Hotels criará uma nova franquia hoteleira na Europa, que começará a funcionar ainda este ano. Para a criação desta nova empresa, a Accor colocou à venda 55 dos seus hotéis. O valor da venda ascende os 504 milhões de euros.
Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Internacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.