Volta Int.: “TUI regressa à China enquanto se prepara para retornar à Grécia, Ilhas Baleares e Portugal”

Volta Int.: “TUI regressa à China enquanto se prepara para retornar à Grécia, Ilhas Baleares e Portugal”

Hosteltur – https://www.hosteltur.com/

“TUI regressa à China enquanto se prepara para retornar à Grécia, Ilhas Baleares e Portugal”

A TUI China reiniciou as operações no início de maio e oferece passeios domésticos para turistas na China. Três meses após a subsidiária do Grupo TUI interromper radicalmente as suas vendas no país, ela já oferece, acima de tudo, viagens curtas a destinos de montanha e resorts de praia sob a sua marca TUI Selection. Enquanto isso, na Europa, já começou a lançar vendas em alguns países nórdicos e prepara-se para abrir em junho nos principais mercados, incluindo britânicos e alemães. Entre os destinos que esperam primeiro retornar, estão as Ilhas Baleares junto com a Grécia, Portugal ou Bulgária.

“Existem 156 países com fronteiras fechadas ao turismo internacional”

A 6 de abril, havia 90 destinos que fecharam as suas fronteiras ao turismo internacional, mas em 20 dias o número subiu para 156 dos 217 destinos em todo o mundo e 100% continuaram a aplicar restrições de viagem para evitar uma maior propagação Covid-19, de acordo com o último relatório da Organização Mundial de Turismo (OMT).

“Reino Unido impõe quarentena aos viajantes que chegam do exterior”

O governo do Reino Unido exigirá que todos os viajantes que retornam do exterior (com exceção de França e da Irlanda, por enquanto) passem uma quarentena de 14 dias confinados nas suas próprias casas. Isso significa que qualquer cidadão britânico que viaje de férias para outro país terá que se limitar à sua própria casa ao retornar.

“Turquia emite certificados para abrir”

Turquia planeia reabrir a indústria turística do país em junho, com a emissão de certificados que, baseados em 132 critérios, atestem o cumprimento das normas para evitar contágios por coronavírus nos estabelecimentos, anunciou este domingo o ministro turco de Turismo, Nuri Ersoy.

Panrotas – http://www.panrotas.com.br/

“Wyndham confirma que abrirá 30 novos hotéis”

Apesar da atual situação, a Wyndham Hotels & Resorts continua com os seus projetos de expansão confirmados até ao final do ano e planeia contabilizar a abertura de aproximadamente 30 hotéis na América Latina, sendo oito no Brasil. A partir de 1 de junho, o grupo também vai transformar as cinco regiões operacionais em três, reunindo a América Latina, EUA e Canadá. A região das Américas será liderada pelo presidente Scott LePage e a região da Ásia-Pacífico, que agora incluirá a China, será liderada por Joon Aun Ooi.

“Israel inicia reabertura gradual do Turismo”

Devido à redução dos casos de Covid-19 nas últimas semanas, o governo de Israel decidiu diminuir as suas restrições e retomar as atividades gradualmente até junho, inclusive no Turismo. No momento, serão priorizadas as atividades ao ar livre. As reservas naturais e os parques nacionais do país, como Ma’ayan Harod, Caesarea e Masada, estão abertos desde a última segunda-feira (4). Os museus devem voltar a partir do próximo dia 17, enquanto teatros, cinemas, restaurantes e competições desportivas apenas em meados de junho. Já as paradas LGBTQ+ de Tel Aviv e Jerusalém, programadas para junho, serão adiadas para agosto.

Mercado & Eventos – http://www.mercadoeeventos.com.br/

“IAG mantém interesse na compra da Air Europa”

A pandemia de coronavírus (covid-19) parece não ter mudado os planos do International Airlines Group (IAG) de adquirir a Air Europa. Quem garantiu que o negócio continua a ser estratégico, mesmo a meio da crise enfrentada pelo setor, foi Luis Gallego, presidente da Iberia, uma das empresas que compões a holding, junto com British Airways, Vueling, Aer Lings e Level. O executivo destacou que o negócio entre o IAG e a Globalia, atual detentora da Air Europa, inclui uma cláusula de ajuste de preço. Gallego defendeu, em teleconferência com os media, que a operação de aquisição da Air Europa é boa para o hub de Madrid e para a reconstrução do turismo por meio de um grupo aéreo “forte”.

“Royal Caribbean: 45% dos passageiros solicitaram reembolso em dinheiro”

Até 30 de abril, cerca de 45% dos clientes da Royal Caribbean com cruzeiros cancelados solicitaram o reembolso em dinheiro, afirmou a holding em atualização aos investidores, divulgada nesta sexta-feira (8). A companhia está com operações suspensas desde 13 de março e já cancelou todos os cruzeiros até 11 de junho em virtude da pandemia de coronavírus (Covid-19). Para cruzeiros cancelados, a Royal oferece aos hóspedes a opção de créditos de cruzeiro avaliados em 125% da tarifa inicial de cruzeiro paga em alternativa aos reembolsos em dinheiro. Para cruzeiros não cancelados, a Companhia implementou uma política de “Cruzeiro com confiança”, que permite o cancelamento da viagem até 48 horas antes do embarque.

Brasilturis – https://www.brasilturis.com.br/

“Minor Hotels divulga estratégia para sobrevivência do setor hoteleiro”

Nesta semana, Marco Amaral, vice-presidente de Operações e Desenvolvimento da Europa e América do Sul apresentou estratégias para a sobrevivência do setor hoteleiro. Segundo o empresário, será necessária a reinvenção de processos e mudança comportamental. “Todas as empresas serão obrigadas a ter uma capacidade de reação muito rápida, já que ninguém ainda sabe como vai ser o novo comportamento do consumidor, as exigências dos órgãos nacionais e internacionais e quanto tempo o mercado vai demorar a retomar”, ressalta. O planeamento financeiro e o estudo do mercado para reabertura também são pontos destacados pelo empresário.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Internacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.