Volta Int.: “Uber volta a aproximar-se de Londres após reunião”

by Inês Gromicho | 4 Outubro 2017 15:05

Hosteltur

“Benidorme regista em setembro a melhor ocupação de verão”
Benidorme fechou no passado mês de setembro com a melhor ocupação hoteleira da temporada alta ao registar 93,7% em média, segundo HOSBEC. Essa percentagem de ocupação pressupõe igualar os registos do ano anterior e superar 1,8 pontos os do mês de agosto.

“Operador turístico alemão JT Touristik em falência embora continue a operar”
O operador turístico alemão JT Touristik iniciou o procedimento para insolvêcias mas vai continuar com a sua atividade com autogestão e sob supervisão de um perito no processo de recuperação.

Panrotas

“Transportadoras aéreas internacionais melhoram presença no Brasil”
O Brasil vive um bom momento em termos de presença de companhias aéreas internacionais, que têm aumentado a frequência de voo e criado novas rotas. Atenta a esse potencial, a Aerolíneas Argentinas também se tem posicionado de forma mais incisiva no país, com 93 voos semanais que ligam o Brasil a sete destinos.

“Expedia: cinco anos de Brasil e projeto de longo prazo”
São cinco anos de vida em solo brasileiro. Tempo considerável para uma OTA global, mas com ressalvas, na opinião da diretora executiva da Expedia para a América Latina, Carolina Piber. “A Expedia é brasileira sim, mas uma criança brasileira que está em fase de desenvolvimento”, diz. A trajetória da companhia no País, que chega em 2017 ao seu quinto ano, foi motivo de celebração nesta terça-feira. Ao lado de representantes da sede principal, em Seattle, além de colaboradores de São Francisco e Miami, Carolina Piber comentou como se passou a chegada da companhia ao Brasil. “Uma empresa do tamanho da Expedia busca ‘pockets’, oportunidades. Com Europa e Estados Unidos já consolidados e com crescimento menos acelerado, a América Latina surgiu como um mercado interessante.”

“Uber volta a aproximar-se de Londres após reunião”
A Uber garante estar disposta a agir de forma diferente e cooperar com o governo inglês após ser proibida de atuar na capital, Londres. Foi o que garantiu a companhia após um encontro com a Transport for London (TFL) que foi considerado “construtivo” por ambas as partes. A TFL regula o sistema de transportes em Londres e foi a responsável por negar a renovação da licença da Uber, que expirou em 30 de setembro. A autoridade considerou a empresa “inadequada” para atuar no transporte de passageiros devido à sua pouca colaboração em casos de crimes e contravenções envolvendo seus motoristas ou veículos. Dara Khosrowshahi, novo CEO da Uber, prometeu uma nova forma de atuar junto aos agentes públicos após a empresa sofrer diversas críticas pela pouca colaboração. A reaproximação, no entanto, já começou, e da parte da Uber, o novo CEO, Dara Khosrowshahi parece empenhado em mudar a imagem da companhia ao redor do mundo. Foi ele quem se reuniu com o comissário da TFL, Mike Brown, segundo reporta a Reuters.

“Novo avião supersónico poderia fazer rota Brasil-EUA em 4h”
Imagine só voar do Brasil para os Estados Unidos em quatro horas e meia, ou para Londres em menos de seis horas. Se tal ideia parece ser distante, tem quem deposite total confiança para tornar realidade o quanto antes. Essa é a promessa da Spike Aerospace, uma empresa que começou a desenvolver o avião supersónico SX-1.2, e realizou na última semana o primeiro voo teste. O modelo, um protótipo não tripulado a escala, irá ajudar a validar o S-512 Supersonic Jet. Esses testes iniciais têm o intuito de analisar a estabilidade e o controle da aeronave executiva em velocidade baixa do voo, como a descolagem e a aterragem. Para se ter uma ideia, a velocidade máxima do jato atingirá 1.770 quilómetros por hora, enquanto os aviões comerciais de grande porte, como Airbus 350 ou Boeing 787 Dreamliner, têm um alcance médio de 980 quilómetros por hora.

Brasilturis

“Cunard Line anuncia lançamento de novo navio”
Ao longo dos últimos anos a Cunard Line viveu momentos gloriosos como a celebração do seu 175º aniversário, que atraiu mais de um milhão de pessoas em Liverpool, as renovações de dois dos seus três navios – Queen Mary 2 e Queen Victoria -, além dos 50 anos da nomeação do Queen Elizabeth. A companhia, conhecida pelos seus três navios com casco preto, luxo e tradição em suas navegações, anunciou uma grande novidade: a construção do seu 4º navio. A inauguração acontecerá em 2022 e este será o primeiro novo navio da Cunard em 12 anos, desde o lançamento do Queen Elizabeth em 2010. O novo navio terá 113,000 toneladas e terá capacidade para 3.000 hóspedes.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Internacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.

Source URL: https://www.ambitur.pt/volta-int-uber-volta-a-aproximar-se-de-londres-apos-reuniao/