Volta Int:“Turismo internacional deve crescer 4% até 2020”

Volta Int:“Turismo internacional deve crescer 4% até 2020”

Hosteltur – www.hosteltur.com

“Reservas das agências francesas cairam 6% en junho”
O volume de reservas das agências de viagens francesas desceu, em junho, 6,4%, revela o barómetro da SNAV elaborado em conjunto com a Atout Franc e. As vendas cairam nas viagens nacionais e de média distância, tendo crescido na de larga distância.
Panrotas – www.panrotas.com.br

“Uber agora faz entrega de comida”
A Uber está expandindo a sua área de atuação para outros ramos, e um deles é o gastronómico. No último mês de março, a empresa lançou o Uber Eats, serviço de entrega de comida que já está disponível em 22 cidades do mundo, dentre elas Nova Iorque, Londres, Paris e Toronto. Ainda sem previsão para chegar ao Brasil, o serviço funciona da mesma forma que o Uber tradicional: por meio da app, o utilizador pode pedir um prato em diversos restaurantes registados na cidade, e acompanhar o trajeto do pedido até ao destino.

Mercado e Eventos – www.mercadoeeventos.com.br

“James Cameron protagniza nova campanha do Turismo da Nova Zelândia”
O premiado diretor James Cameron passou quatro dias filmando nas belas paisagens da Ilha Sul da Nova Zelândia para a nova campanha global do destino. Durante as gravações, Cameron e a sua esposa, Suzy Amis Cameron, realizaram algumas das atividades mais icónicas da Nova Zelândia, incluindo um passeio pela Tasman Glacier, um tour de caiaque, uma trilha pela cénica Routeburn Track, uma volta de bicicleta à beira do Lago Pukaki, e uma visita ao Mount Alfred, em Glenorchy, a 45 minutos de carro de Queenstown. Para o diretor geral do Turismo da Nova Zelândia, Kevin Bowler, o vídeo de Cameron irá inspirar mais pessoas a visitarem a Nova Zelândia.
“Bleisure: 20% dos viajantes corporativos fazem”
Uma Pesquisa do Solutions Group da Carlson Wagonlit Travel, revela que um em cada cinco viajantes corporativos realizam viagens de “bleisure” (viagens de negócios associadas às viagens de lazer) a cada ano. Em metade das viagens de “bleisure”, os dias a lazer ocorrem ao final da viagem, em 30% ocorre no início, enquanto que para os 20% restantes o lazer ocorre tanto no início como no final da viagem. As mulheres são mais propensas a realizar viagens de “bleisure” que os homens, assim como os mais jovens aos mais velhos. A distância ainda possui maior impacto: quanto mais longo o voo, maior a tendência ao “bleisure”.

“Turismo internacional deve crescer 4% até 2020”

Dados de 2016 da Euromonitor International mostram que a procura do setor de Viagens e Turismo deve crescer 4% até 2020, segundo informações do Travel Daily News. Em média, o mundo ganha cerca de 39 milhões de novos viajantes por ano. Neste cenário, a Europa Ocidental continua sendo o destino mais popular, apesar de estar sofrendo declínio de 10% em volume de turistas. Do lado oposto, a Ásia-Pacífico aumenta sua procura no mesmo ritmo. Por conta dos últimos atentados terroristas, os destinos tradicionais de sol e mar em locais como o Mar Mediterrâneo têm sido substituídos por destinos mais seguros, segundo a pesquisa. Desembarques internacionais diminuíram no Egito e na Tunísia, já que a indústria de viagens e os turistas preferem evitar problemas indo às praias mais seguras na Espanha, Portugal e Croácia. A Euromonitor ainda prevê uma baixa de 2,3 milhões de visitantes entre 2015 e 2020 no Reino Unido, já que o voto de saída da UE deverá afetar o turismo doméstico no curto e médio prazo.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Internacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.