Volta Nacional: “Antonoaldo Neves: «Constrangimentos em Lisboa custam quatro milhões por mês»”

Volta Nacional: “Antonoaldo Neves: «Constrangimentos em Lisboa custam quatro milhões por mês»”

Jornal de Notícias

“Donos das casas exploram menos de metade dos AL”
Apenas quatro em cada 10 casa de Alojamento Local (AL) registadas em Lisboa e no Porto têm à frente o seu proprietário. A maioria está entregue a terceiros através de diferentes regimes de exploração de AL. Em Lisboa, os donos representam 46,5% dos casos e, no Porto, são 42,5%.

“Antonoaldo Neves: «Constrangimentos em Lisboa custam quatro milhões por mês»”
Antonoaldo Neves afirma, em entrevista, que “este é um ano difícil, à conta do combustível – vamos ter entre 70 e 100 milhões de euros de custo a mais com cumbustíveis”. Quanto à operação no Porto, o gestor da TAP refere que “vamos fazer uma mudança grande, que começou com o aumento do tempo de rotação das aeronaves, de 30 para 45 minutos. A partir de janeiro, vamos passar a ponte aérea toda para aviões Airbus. (…) Isto representa um aumento de quase 40%, quase 280 mil assentos.” Quanto ao aeroporto de Lisboa, não hesita em dizer que “a Portela tem de investir (…) tem muito espaço para crescer. (…) Todo o aeroporto precisa de investimento contínuo de pista e estacionamento e no terminal”.

“Câmara de Óbidos vai cobrar um euro por dormida”
A Câmara de Óbidos vai cobrar um euro por cada turista que dormir no concelho a partir de 1 de dezembro, estabelece o regulamento da Taxa Turística. A taxa será aplicada a todos os hóspedes com idade superior a 13 anos que pernoitem em estabelecimentos hoteleiros, apartamentos, aldeamentos e empreendimentos turísticos, parques de campismo ou alojamento local.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.