Volta Nacional: “Concorrência recusa alargar prazo de resposta de Efromovich”

Volta Nacional: “Concorrência recusa alargar prazo de resposta de Efromovich”

Económico

“Groundforce vence duas das três licenças de ‘handling’ em Faro”

A Groundforce poderá em breve regressar ao aeroporto de Faro. A empresa de ‘handling’, que fechou a escala algarvia em Dezembro de 2010, venceu duas das três categorias de assistência em terra a concurso no aeroporto de Faro e uma das categorias no Porto. O júri do concurso tem ainda que deliberar sobre as licenças a atribuir no Aeroporto de Lisboa, onde passarão a existir três operadores de assistência em escala, ao invés dos actuais dois. Contactada, a Groundforce não confirma que os relatórios preliminares emitidos pelo júri do concurso lhe atribuam a vitória em três licenças, remetendo qualquer esclarecimento para a Autoridade Nacional para a Aviação Civil (ANAC), responsável pela realização do concurso. “A Groundforce Portugal entende não se sobrepor à autoridade em qualquer esclarecimento sobre qualquer das fases do concurso”, afirma fonte oficial da empresa detida pela Urbanos e pela TAP.

“Concorrência recusa alargar prazo de resposta de Efromovich”

A Autoridade da Concorrência recusou o pedido do consórcio liderado por Germán Efromovich de alargamento do prazo para se pronunciar sobre o projecto de decisão do regulador que dá luz verde à compra da TAP por parte do Atlantic Gateway, de Humberto Pedrosa e David Neeleman. Com o prazo para pronúncia dos contra-interessados a terminar hoje, o regulador pode agora avançar com a formalização da decisão. Já o processo de venda da TAP terá que continuar à espera de luz verde do regulador da aviação. O candidato preterido na privatização da companhia aérea considera que o prazo de dez dias dado pela lei é curto para analisar a documentação respeitante ao processo e pedia ao regulador uma prorrogação dos prazos.

Diário de Notícias

“370 smartistas, 94 smarts e 2000 visitantes”

Os  smarts concentrados foram 94, os smartistas que neles vieram ou pelo Parque Eduardo VII passaram foram 370. Entre intercâmbio de experiências, check-ups gratuitos, test-drives e vários eventos lúdicos e a pensar na família, o smart Loves Lisboa atraiu cerca de 2000 pessoas em dois dias e saldou-se por um sucesso.

Negócios

“Start-ups têm prioridades e partido prometem apoiar”

Os programas eleitorais da coligação Portugal à Frente e do Partido Socialista falam em incentivos para quem investir em start-ups. Para alguns dos atores principais do ecossistema empreendedor, os incentivos fiscais são bem-vindos.

” Parque Expo completou alienação de acções do Oceanário”

A alienação das acções da Oceanário de Lisboa SA foi concluída esta segunda-feira, 28 de Setembro. A operação foi comunicada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) pela Parque Expo, empresa que se encontra em processo de liquidação.A mesma surge “na sequência da decisão final da Autoridade da Concorrência de não oposição à alienação das acções”, pode ler-se no referido documento.

Correio da Manhã

“Rock in Rio volta em maio”

O Rock in Rio regressa a Lisboa em 2016 para a sua sétima edição. O festival vai realizar-se, mais uma vez, no Parque da Bela Vista, em Lisboa, a 20, 21, 26, 27 e 28 de maio, anunciou a organização, que promete uma edição especial para comemorar três décadas de história do evento.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.