Volta Nacional: “Continentais só estavam à espera das low cost para viajarem até aos Açores”

Volta Nacional: “Continentais só estavam à espera das low cost para viajarem até aos Açores”

Volta Nacional: “Continentais só estavam à espera das low cost para viajarem até aos Açores”
Em dois meses, e desde que o espaço aéreo nos Açores foi liberalizado, a 29 de Março, as dormidas nos hotéis dispararam 25%. De acordo com os dados divulgados ontem pelo INE, o número chegou… (Público)
Negócios
“Donos da TAP ajustarão poderes se Bruxelas exigir”
O ministro da Economia, Pires de Lima, sublinhou esta quarta-feira, 15 de Julho, no Parlamento que o parecer pedido àFreshfields relativamente ao cumprimento das regras europeias em matéria de propriedade e controlo por parte do consórcio que ganhou a privatização da TAP “deu tranquilidade ao governo relativamente à solidez jurídica”. Pires de Lima reafirmou que o empresário português tem 51% do consórcio Gateway revelando que os dois accionistas – Humberto Pedrosa e David Neeleman – mostraram “disponibilidade por escrito para ajustarem o modelo de estrutura de consórcio face a quaisquer exigências que lhe vierem a ser solicitadas pelas entidades europeias”.
“TAP pediu autorização para voar para a Índia”
A TAP pediu autorização à Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) para explorar duas rotas para a Índia. Assim, segundo um aviso publicado esta quarta-feira, 15 de Julho, em Diário da República, a companhia aérea “requereu uma autorização para exploração de serviços aéreos regulares extra -União Europeia nas rotas Lisboa-ponto intermédio-Nova Deli-ponto intermédio-Lisboa e Lisboa-ponto intermédio-Bombaim-ponto intermédio-Lisboa”, adiantou a ANAC.
“Soares dos Santos investem 40 milhões a fundo perdido no Oceanário de Lisboa”
Foi o número em destaque no dia em que se assinou o contrato de alienação das acções da Oceanário de Lisboa SA. A Sociedade Francisco Manuel dos Santos (SFMS), que venceu o processo de concessão deste equipamento, vai “investir 40 milhões de euros a fundo perdido” no projecto durante a primeira década.
Público
“Continentais só estavam à espera das low cost para viajarem até aos Açores”
Em dois meses, e desde que o espaço aéreo nos Açores foi liberalizado, a 29 de Março, as dormidas nos hotéis dispararam 25%. De acordo com os dados divulgados ontem pelo INE, o número chegou aos 124.834 em Maio, o melhor valor registado neste mês desde 2013. A julgar por estes resultados, e por outros estudos que já avaliaram o impacto das novas ligações, os turistas do Continente pareciam estar a aguardar pelas companhias low cost para visitarem o arquipélago, que o ano passado representou apenas 2,3% no total das dormidas em Portugal.Será preciso esperar pelos resultados dos meses de Junho a Setembro para perceber melhor qual o impacto da liberalização do espaço aéreo, já que são as alturas do ano em que a região autónoma recebe mais turistas. Contudo, os números conseguidos em Maio deste ano, já com as low cost a voar, equivalem aos de Junho de 2014, quando arranca a época turística mais forte. E o contributo dos Açores para o total das dormidas nos hotéis nacionais entre Janeiro e Maio aumentou para 2,3%, quando no ano passado na mesma altura representava 1,9%.
Económico
“Governo escolhe gestores da ANA para a presidência do regulador da aviação”
O Governo vai nomear para a administração da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) dois quadros da ANA – Aeroportos de Portugal, um dos principais ‘players’ do mercado. A presidência ficará a cargo de Luís Ribeiro, administrador da ANA com o pelouro da Portway, empresa de ‘handling’ da gestora aeroportuária, e a vice-presidência caberá a Carlos Seruca Salgado, assessora do conselho de administração da ANA.
“Turismo cresceu em Maio apesar da greve na TAP”
A greve de dez dias da TAP em Maio paralisou a companhia, mas ainda assim o turismo descolou. Os números agora conhecidos confirmam a tendência de crescimento: a hotelaria contabilizou 4,6 milhões de dormidas (mais 5,8% face a Abril) e 1,7 milhões de hóspedes (mais 8%), mostram os indicadores da actividade turística em Maio, divulgados ontem pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Face a este desempenho, o presidente do Turismo de Portugal (TdP), João Cotrim de Figueiredo sublinha, em declarações ao Diário Económico, que “Maio confirmou a trajectória positiva do sector do turismo quer em hóspedes e dormidas, quer nas receitas”.
“Família Soares dos Santos investe 264 milhões no Oceanário e no mar”
Sociedade Francisco Manuel dos Santos quer transformar Portugal num centro mundial para a economia do mar.
Diário de Notícias
“Praia e bolas-de-berlim voltam ao Jardim do Torel”
Espaço vai funcionar de 1 a 31 de Agosto entre as 10h e as 20h. Ao Sábado, há desporto e cinema. A entrada é gratuita,
Jornal de Notícias
“Turismo salva saldos em data marcada”
Os saldos deixaram de ter data marcada em Portugal desde Março, quando já tinham terminado dois meses de saldos de Inverno. A nova lei veio autorizar até quatro meses de período de desconto por comerciante, pelo que 2015 será um ano excepcional para quem pretende escoar stocks. Quem mais se vê entrar nas lojas e comprar roupa ou calçado são turistas, cada qual puxando a sua mala com rodinhas, aproveitando os descontos até 80%.
Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.