Volta Nacional: “Há 800 camas ilegais nos alojamentos locais nos Açores”

Volta Nacional: “Há 800 camas ilegais nos alojamentos locais nos Açores”

Público:

“Há 800 camas ilegais nos alojamentos locais nos Açores”

A Inspeção Regional do Turismo (IRT) dos Açores identificou desde Janeiro de 2018 um total de 205 unidades de alojamento alocal a operar ilegalmente, representando 800 camas, na sequência do boom turístico nos Açores.

“Inquérito ao Turismo de Lisboa arquivado após pesquisa na Net”

Só este ano foram analisadas as dúvidas que o PSD levantara em 2015 ao Ministério Público, que vê na cedência de património municipal à Associação de Turismo de Lisboa (ATL) “opções políticas não sindicáveis em sede criminal”. Além do pavilhão a ATL ficou com a gestão dos espaços do rés-do-chão do Terreiro do Paço, o Páteo da Galé, a Praça da Ribeira, o Parque de Campismo e o Arco da Rua Augusta.

“Madeira adapta mobilidade para estudantes e envia mensagem para Lisboa”

Funchal adaptou modelo de mobilidade aos estudantes. E acusa o Governo central de falta de vontade política. O Governo Regional da Madeira formalizou ontem um acordo com 16 agências de viagens que vai permitir aos madeirenses que frequentam o ensino superior no continente do Açores pagarem 65 euros por cada viagem de ida e volta a partir do Funchal.

Correio da Manhã:

“Novo coordenador do grupo tem empresa na área do alojamento local”

Hugo Pires, o novo coordenador do grupo de trabalho para a Habitação – que substituiu a demissionária Helena Roseta – tem 50% de uma imobiliária e é proprietário de uma empresa de arquitetura que declara, entre as atividades que realiza, alojamento turístico.

 

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Internacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.