Volta Nacional: “Lei do alojamento local não muda antes do fim do ano”

Volta Nacional: “Lei do alojamento local não muda antes do fim do ano”

Jornal de Negócios
“Lei do alojamento local não muda antes do fim do ano”
Não será ainda para este Verão que os proprietários de imóveis no alojamento local se verão confrontados com novas regras que regulem a sua actividade. Só na segunda metade de Junho a proposta de alterações apresentada pelo PS será agendada para discussão no plenário do Parlamento e depois terá de baixar à especialidade onde, já se sabe, se lhe juntarão um conjunto de outras propostas apresentadas pelos vários partidos com assento parlamentar. O processo será remetido para a próxima legislatura e dificilmente estará concluído antes do final do ano.

Público
“Apoio do Estado para viagens entre continente e ilhas triplicou em 2016”
O subsídio social de mobilidade para as duas regiões autónomas custou no ano passado ao Estado cerca de 46 milhões de euros. Uma verba que representa quase o triplo do valor assumido pelo Orçamento do Estado em 2014, o último ano completo em que vigorou o antigo regime de apoio às ligações aéreas entre o continente e as ilhas.

“Dispensário de Alcântara vai ser classificado”
A Câmara de Lisboa vai classificar o edifício do dispensário de Alcântara como Monumento de Interesse Municipal para preservar os seus traços, numa altura em que diz assistir à “demolição e desvirtuamento” de espaços históricos na cidade.

Diário de Notícias
“Novas ligações ferroviárias e rodoviárias na calha”
O ministro do Planeamento e das Infraestruturas adiantou ontem que entre Portugal e Espanha estão a ser ultimadas várias novas obras mas, assegurou, com “pés assentos no chão” e recurso a instrumentos comunitários de apoio.

“Descobrir Portugal pelos seus pés. O que interessa é o caminho”
O jornalista (colaborador do Diário de Notícias) escolheu 200 percursos pedestres para conhecer Portugal de uma forma única. Com a garantia de que todos os caminhos podem ser percorridos por “qualquer pessoa”. O guia, dividido por regiões, tem a indicação dos quilómetros, do ponto de partida e de chegada e ainda se tem “interesse histórico, paisagístico, se passa por alguma aldeia”, explica o autor.

“Alojamento local tira inquilinos dos centros históricos”
Há muitos proprietários a tentar esvaziar as casas para passar a receber turistas, aproveitando a inflação dos preços das casas em resultado, em grande parte, do boom do alojamento local.

Jornal i
“TAP já não vende bilhetes na Venezuela”
A companhia aérea portuguesa TAP já cancelou a venda de bilhetes na Venezuela, embora continue a operar no país e mantenha a frequência de voos para este país da América Latina, que vive uma forte crise económica e social.

Jornal de Notícias
“Porto: estrangeiros já não querem ser só turistas”
Uma recente vaga de estrangeiros chegou ao Porto não para fazer turismo, mas para fixar residência, criar o próprio negócio e usufruir da segurança, das tradições e do crescimento económico numa cidade premiada três vezes como melhor destino europeu.

“Guimarães: passe permite aceder a 11 monumentos”
A Câmara de Guimarães apresentou, ontem, o novo cartão turístico que dá acesso a 11 monumentos da cidade por 15 euros. O “Guimarães Pass” vai estar disponível depois de amanhã e pretende aumentar o período de estadia dos turistas na Cidade-Berço.

“Manter autenticidade para cativar mais turistas”
A preservação da autenticidade dos destinos turísticos, o reforço da qualidade e a aposta na sustentabilidade do setor são três dos elementos-chave para continuar a alavancar o turismo interno no nosso país. Estas foram algumas das pistas deixadas ontem no Fórum “Vê Portugal”, promovido pelo Turismo Centro de Portugal.

“Arte urbana em movimento”
São cada vez mais os municípios que utilizam espaços públicos para promover obras de artistas plásticos. Camiões de recolha do lixo, autocarros, paragens de autocarros e ecopontos são os novos palcos para mostrar pinturas e desenhos.

Correio da Manhã
“Linha até Espanha avança já”
A construção da ferrovia entre Évora e Elvas integrada no troço Sines/Caia, vai arrancar até ao final do ano e estará concluída até 2020, num investimento de 600 milhões de euros. O anúncio foi feito esta segunda-feira pelo ministro do Planeamento, Pedro Marques, à margem da Cimeira Ibérica, que juntou António Costa e Mariano Rajoy, líderes dos governos de Portugal e Espanha, a bordo de um navio da Douro Azul, construído nos estaleiros de Viana do Castelo.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.