Volta Nacional: “Lisboa-Porto: guerra aberta entre aviões, comboios e camionetas”

Volta Nacional: “Lisboa-Porto: guerra aberta entre aviões, comboios e camionetas”

Diário de Notícias

“Agora é no Mercado da Ribeira que se Pap’Açorda”
Há menos de um mês, multiplicavam-se as crónicas saudosistas, assinalando o fecho de portas de um dos mais emblemáticos restaurantes lisboetas, após 35 anos na Rua da Atalaia, no Bairro Alto. Ontem, o Pap’Açorda “renasceu” no primeiro andar do Mercado da Ribeira.
Negócios

“Uber reinventa-se e regressa às ruas de Madrid”
A Uber está de volta às ruas de Madrid. O serviço UberPop foi proibido pela justiça espanhola em 2014, obrigando a empresa a suspender a atividade. Agora, com o UberX, a firma coloca em contacto passageiros e motoristas com licenças VTC, destinadas a veículos turísticos com condutor.
Jornal i

“Lisboa-Porto: guerra aberta entre aviões, comboios e camionetas”
Para quem se lembra dos preços dos bilhetes para fazer a viagem entre Lisboa e Porto é fácil perceber que todos lutam agora por preços mais baixos. A TAP inaugurou no passado domingo a nova ponte aérea, que liga estas duas cidades com bilhetes a partir dos 39 euros. A intenção era arrancar com estas viagens para entrar em “competição com o comboio e até com o sistema de autocarro”. Na altura, Fernando Pinto garantia que haveria procura suficiente para esta nova modalidade. Para concorrer com estes preços também a CP arrancou no dia 22 deste mês com uma campanha de descontos nas viagens, com reduções que podem mesmo chegar aos 65% para quem comprar o bilhete com oito dias de antecedência.

“Turistas portugueses preferem Lisboa e Albufeira”
Os turistas portugueses viajam sobretudo internamente, principalmente entre Lisboa e Albufeira, que são os destinos favoritos. Esta é uma das conclusões do estudo feito pela Trivago. A estadia médoa é de 3,5 dias e o preço selecionado por noite é de cerca de 100 euros.
Jornal de Notícias

“Novos voos da Ryanair tem subsídios públicos que a TAP não tem”
As low-cost cobram preços baixos porque recebem subsídios públicos a que transportadoras como a TAP não têm acesso, acusa Fernando Pinto. O presidente da TAP diz estar atento a “distorções concorrenciais”. Admite que o aeroporto de Sá Carneiro não será uma base central (hub) da TAP, mas garante que o Porto não vai perder passageiros. Apesar de ele próprio preferir voos diretos, sem escalas, afirma que a ponte aérea é “uma melhor opção”.

“Confiamos na White para transportar os nossos passageiros”
“(A ponte aérea foi entregue à White) por uma questão prática. A White trabalhava com a PGA antes de a comprarmos e mantivemos essa ligação. A empresa já tinha experiência nos aviões ATR e era natural que a escolhêssemos para ampliar o negócio. Conseguimos uma boa negociação de valores”, refere Fernando Pinto.

“Não imaginava que Vigo provocaria uma ira tão grande”
Fernando Pinto afirma que Rui Moreira classificou ponte aérea como “ótima notícia”. “Confesso que estava preocupado, mas fiquei surpreendido porque a reação dele ao cancelamento dos voos para a Europa foi de não dar grande importância. «Esses voos já estão servidos pelas low-cost, não há grande problema, ainda bem que vão manter o longo curso e a ponte aérea é uma ótima notícia porque agora os empresários podem vir de qualquer lugar da Europa, com voos constantes». Isso deixou-me muito tranquilo”, indica o presidente da TAP.

“Parlamento convoca novos donos da TAP e governantes”
Três governantes, do anterior e do atual Executivo, os dois novos donos da TAP e a entidade reguladora serão chamados à Assembleia da República para prestar esclarecimentos aos deputados sobre o negócio da privatização da transportadora aérea.

“Porto acusa Pinto de ter escondido informação”
A Câmara do Porto acusou ontem Fernando Pinto de não ter revelado todos os planos que tinha para o aeroporto de Sá Carneiro, na reunião que fez com o autarca portuense. JUstifica assim o facto de Rui Moreira não se ter oposto, na altura, à suspensão de quatro rotas e à criação de uma ponte aérea entre Lisboa e Porto.

“Palacete Melo vai ser pousada da juventude”
O velhinho Palacete Melo, a meio da Avenida Bento de Freitas, em Vila do Conde, classificado desde 1986 como imóvel de interesse público, vai ser transformado em pousada da juventude. A obra custará mais de um milhão de euros e deverá ficar pronta no final do verão do próximo ano. Mantém-se a traça do edifício, os tetos trabalhados, as enormes janelas e tudo o mais que faz daquela casa um raro exemplar da Vila do Conde balnear do século XIX. “O concurso está, neste momento, aberto. Queremos avançar com a obra o mais depressa possível”, diz a autarca, Elisa Ferraz.
Público

“Portway despede 256 trabalhadores para poupar 7,3 milhões de euros”
A operadora de handling portuguesa Portway começou esta semana a avisar os trabalhadores abrangidos pelo despedimento coletivo que resulta da perda do cliente Ryanair, que representava um terço das receitas da empresa. Foram 256 as pessoas que receberam notificações na terça-feira, tendo sido ainda divulgada informação compementar em que a administração explica que a medida irá permitir uma poupança de quase 7,3 milhões de euros em 2017. Dos funcionários abrangidos, a maioria (121) está na escala do Porto. Em Lisboa serão afetadas 80 pessoas e, em Faro, 54.
Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.